NBA, Champions League, Libertadores: confira todos os eventos esportivos afetados pelo coronavírus

Reunimos as decisões da maioria dos eventos que já se pronunciaram em relação à crise do coronavírus

por Soraia Alves

Mesmo com a grande disseminação do coronavírus pelo mundo, muitos eventos esportivos continuaram a ser realizados normalmente. Porém, depois que a Organização Mundial da Saúde anunciou que o vírus já pode ser considerado uma pandemia, a situação mudou de figura que os cancelamentos e/ou adiamentos passaram a ser uma constante.

Neste post, reunimos as decisões da maioria dos eventos que já se pronunciaram em relação à crise do coronavírus. Lembramos que a lista pode ser atualizada a qualquer momento, mediante novas confirmações.

Campeonatos nacionais e estaduais

No domingo, 15/03, a CBF informou a suspensão de todos os torneios nacionais que organiza, incluindo Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20. Sobre o Brasileirão, planejado para começar em maio, a organização vai se pronunciar posteriormente.

A CBF deixou a cargo das Federações Estaduais a decisão de paralisar os seus campeonatos. Obviamente, a maioria dos estaduais também optou pela paralisação dos jogos:

  • Paulistão: suspenso por tempo indeterminado
  • Carioca: paralisado por 15 dias
  • Gauchão: paralisado por 15 dias
  • Mineiro: suspenso por tempo indeterminado
  • Catarinense: suspenso por tempo indeterminado
  • Paranaense: suspenso por tempo indeterminado
  • Goiano: apesar do pedido de paralisação feito pela Federação Goiana de Futebol, o campeonato não deve parar até domingo (22/03)
  • Baiano: torneio será mantido com portões fechados durante os jogos
  • Pernambucano: suspenso por tempo indeterminado
  • Paraense: suspenso por tempo indeterminado
  • Cearense: torneio será mantido com portões fechados durante os jogos
  • Maranhense: suspenso por tempo indeterminado
  • Sergipano: suspenso por tempo indeterminado
  • Alagoano: suspenso por tempo indeterminado

Champions League

A UEFA anunciou o adiamento de todos os jogos das oitavas de final da Champions League 2019-20 marcados para a próxima semana. As partidas agendadas para os dias 17 e 18 de março ainda não têm novas datas e, com isso, o sorteio das quartas de final (previsto para o dia 20) também será adiado.

Copa América

A Conmebol anunciou na terça-feira, 17/03, o adiamento da Copa América 2020 para o próximo ano. As novas datas da competição ainda serão informadas, mas, inicialmente a ideia é manter datas semelhantes, entre 11 de junho e 10 de julho, além de manter os mesmos convidados (Austrália e Qatar) e as sedes anteriormente escolhidas (Argentina e Colômbia).

Eurocopa

Assim como a Copa América, a Eurocopa também foi adiada para 2021. A decisão da UEFA foi adiantada pelas federações de futebol da Noruega e da Suécia. O torneiro seria realizado entre 12 de junho e 12 de julho deste ano, e agora deve acontecer entre 11 de junho a 11 de julho de 2021.

Fórmula 1

A Fórmula 1 informou o adiamento do GP da Austrália, que inauguraria a temporada 2020. O primeiro treino chegou a acontecer em Melbourne, mas a organização optou pelo cancelamento da corrida que estava marcada para o domingo. “A FIA e a Fórmula 1, com total apoio da organização do Grande Prêmio da Austrália (AGPC), tomaram a decisão de cancelar todas as atividades da F-1 para esse GP”, disse a F-1 em comunicado.

A organização ainda não revelou detalhes de como ficará a temporada nas semanas que seguirão.

Libertadores da América

A Comebol decidiu suspender os jogos da Copa Libertadores da América entre os dias 15 e 21 de março. A organização disse que ainda vai informar os ajustes definitivos nos calendários das partidas suspensas: “Lamentamos os inconvenientes que esta suspensão pode causar, mas consideramos que neste momento é prioridade salvaguardar a saúde de toda a família do futebol sul-americano”, diz o comunicado.

NBA

A NBA suspendeu todos os jogos da temporada na última quarta-feira; A organização diz que vai usar esse hiato “para determinar os próximos passos para avançar em relação à pandemia de coronavírus”. A suspensão deve durar, pelo menos, 30 dias.

A liga optou pela suspensão depois que o pivô Rudy Gobert, do Utah Jazz, foi diagnosticado com coronavírus. O cancelamento dos jogos pode gerar até US$ 1 bilhão de prejuízo para a organização.

Premier League

A Premier League divulgou que todos os jogos estão suspensos até o dia 04 de abril. O comunicado veio depois que Hudson-Odoi, jogador do Chelsea foi diagnosticado com coronavírus.

O principal executivo da Premier League, Richard Masters, destacou que o bem-estar social é o que realmente importa neste momento. “Acima de tudo, desejamos uma recuperação rápida a Mikel Arteta, Hudson-Odoi e todos os outros afetados pelo COVID-19. Nesta situação sem precedentes, estamos trabalhando em estreita colaboração com nossos clubes, governo, FA e EFL e podemos tranquilizar a todos que a saúde e o bem-estar de jogadores, funcionários e torcedores são as nossas prioridades”, disse o executivo.

Outros eventos esportivos afetados pela crise do coronavírus são:

  • Campeonato Argentino – suspenso por tempo indeterminado
  • Campeonato Espanhol – final adiada
  • Campeonato Francês – jogos sem torcida até abril
  • Campeonato Italiano – suspenso por tempo indeterminado
  • Campeonato Paraguaio – suspenso por tempo indeterminado
  • Campeonato Português – suspenso por tempo indeterminado
  • Copa do Mundo de Ginástica – etapas suspensas até junho
  • Eliminatórias Asiáticas Copa 2022 – adiada
  • Eliminatórias Sul-Americanas Copa 2022 – jogos adiados
  • Euroliga de Basquete – suspenso por tempo indeterminado
  • Liga Europa – suspenso por tempo indeterminado
  • Maratona de Boston – adiada
  • MLB – adiado o início da temporada
  • MotoGP – adiamento da etapa na Argetina
  • NHL – suspenso por tempo indeterminado
  • Stock Car Brasil – vetada a participação de estrangeiros
  • Torneio de Tênis de Indian Wells – cancelado

Ressaltamos que, de acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil conta agora com 234 casos confirmados de pessoas infectadas com o coronavírus. De acordo com médicos e especialistas em saúde, a melhor forma de evitar a doença e suprimir seu contágio é cobrindo a boca e o nariz com o antebraço ao espirrar, evitando aglomerações e o contato com pessoas infectadas, e lavando muito bem as mãos com frequência. No momento, o ideal é evitar sair de casa sem necessidade.

Compartilhe: