Menos de 6 meses depois do lançamento, Disney+ chega a 50 milhões de assinantes

Plataforma em cinco meses não apenas ultrapassou o Hulu como já acumula 1/3 do público da Netflix

por Pedro Strazza

A Disney anunciou no fim da tarde desta quarta-feira (8) que o Disney+ oficialmente ultrapassou a marca dos 50 milhões de assinantes ao redor do globo. Com pouco mais de cinco meses de vida e uma estratégia de lançamento gradual, a plataforma conseguiu alcançar este patamar de usuários esta semana graças em parte à Índia, onde já acumula 8 milhões de novas contas desde seu debute no país na última sexta-feira, 3 de abril.

“Nós nos sentimos honrados em saber que o Disney+ está ressoando entre milhões ao redor do globo e acreditamos que este marco é um bom presságio de nossa expansão contínua pela Europa Oriental e, mais para frente, ao Japão e toda a América Latina” escreve o presidente da divisão internacional de produtos direct-to-consumer Kevin Mayer no anúncio do feito, no qual acrescenta ainda que “Grandes narrativas inspiram e transbordam” ao comentar que a companhia é feliz em oferecer entretenimento “cheio de alegria e otimismo” na plataforma.

Além de representar um número altíssimo para um serviço que acabou de começar, a informação dos 50 milhões de usuários também implica que o Disney+ é agora oficialmente o streaming mais popular da Walt Disney Company, superando com tranquilidade os 30 milhões de assinantes atuais do Hulu que adquiriu por completo no ano passado. A briga da plataforma agora parece ser mesmo com a Netflix, que no momento continua bem à frente em termos de público com um total de 167 milhões de usuários inscritos e pagando pelos seus conteúdos.

No Brasil, o serviço de streaming da Disney ainda não tem uma data oficial de lançamento, mas a divisão brasileira da companhia vem afirmando nos últimos meses que a previsão inicial é de meados de novembro para a chegada da plataforma no país.

Compartilhe: