ifood-doaçoes-alimentos

Clientes doam mais de 80 toneladas de alimentos pelo app do iFood às famílias em situação de vulnerabilidade

Empresa vai dobrar ajuda, fornecendo no total 160 toneladas de alimentos que vão beneficiar 66 mil pessoas

por Soraia Alves

O iFood divulgou que recebeu cerca de 80 toneladas de alimentos doados por clientes através de sua plataforma nos últimos 30 dias. A empresa, por sua vez, vai dobrar as doações de refeições, totalizando mais de 160 toneladas de alimentos que vão beneficiar 66 mil pessoas em situação de vulnerabilidade neste momento de pandemia da Covid-19.

A ONG Ação da Cidadania destinará cestas básicas para cidades de todas as regiões do Brasil, conforme a necessidade da população. A doação pelo aplicativo é contínua, ou seja, os clientes podem doar sempre que quiserem pelo app do iFood.

De acordo com a empresa, os usuários doaram mais de 80 toneladas de alimentos no último mês através do app, representando um aumento de 249% no volume de doações em relação ao período pré Covid-19. “Estamos em um momento importante e devemos ajudar quem precisa. Por esse motivo, decidimos dobrar as doações dos nossos usuários que se sensibilizaram com as pessoas que estão precisando de alimentos e chegamos a 160 toneladas. Começamos focando esforços na proteção do ecossistema, com os entregadores, restaurantes e clientes, mas sabemos que é importante fazer mais e ajudar a sociedade como um todo”, afirma Fabrício Bloisi, CEO do iFood.

As doações podem ser feitas em poucos toques. Uma vez dentro do app, o usuário deve ir até a aba “Perfil”, selecionar o campo “Doações” e escolher um dos três valores fixos disponíveis. O pagamento é feito via cartão de crédito cadastrado no app.

A distribuição dos alimentos é realizada pelos comitês da Ação da Cidadania em diversas cidades do Brasil. A ONG adota procedimentos de higiene contra a Covid-19 desde o preparo das cestas básicas até a entrega. As equipes utilizam luvas, máscaras e as cestas básicas são embaladas em um saco grosso vedado para evitar o contágio da doença. Eles também orientam as pessoas beneficiadas a importância de lavar as mãos antes de abrir as cestas e higienizar os itens antes de armazená-los.

A doação faz parte de uma das frentes de sustentabilidade do iFood e continua disponível. Recentemente, a empresa foi reconhecida pelo Centro de Excelência Contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP/ONU) e Organização para a Alimentação e a Agricultura (FAO/ONU) pelo desenvolvimento de iniciativas que colocam o tema em destaque nacional.

Compartilhe: