Google Lens agora consegue transcrever seus escritos (desde que não sejam um garrancho)

Ferramenta também ganhou recursos que ajudam na pronúncia e na compreensão de termos

por Pedro Strazza

O Google anunciou nesta quinta (7) um novo recurso para o Google Lens que deve ser bastante útil a quem vive de transcrever anotações para o computador. Agora, o programa de realidade aumentada da companhia conta com uma ferramenta multiuso de reconhecimento que inclui entre outras coisas a habilidade de pegar textos escritos a punho e digitá-los automaticamente para as notas do celular e, posteriormente, seu laptop.

O item é fácil de manusear. De acordo com o Google no anúncio, basta o usuário do Lens selecionar trechos de escritos em papel e clicar em “copiar para o computador” que o programa automaticamente gera uma cópia para o PC, através do Google Docs. Não parece haver nenhum obstáculo maior para o recurso além da obrigatoriedade mínima do dono da letra ser alguém que saiba escrever bonito – em resumo, garranchos não funcionam e o Google virou seu novo professor de caligrafia – e que o aparelho celular esteja atualizado com a mais recentes versões do Google Chrome e do Lens, seja no Android ou no iOS.

Além do escriba automático, o Google Lens também ganhou uma outra ferramenta de pronúncia para o Android, feita para ajudar os usuários que estão no processo de aprender uma nova língua. O funcionamento é quase idêntico à transcrição, também utilizando o mesmo recurso de selecionar a parte do texto que interessa e depois apertando a opção “Listen”. O Google diz que em breve deve disponibilizar a função aos usuários do iOS.

Há também uma função extra de aprendizado de palavras complexas, no qual o Lens redireciona o usuário para a seção correspondente do termo no Google quando este não conhece a palavra e decide selecioná-la com o programa.

Os 3 recursos já estão disponíveis para todos os usuários ao redor do globo.

Compartilhe: