Razer colocará máquina de venda de máscaras em Singapura

Empresa já vendeu mais de 1 milhão de máscaras em fábrica feita em um dia

por Matheus Fiore

Diversas empresas estão se mobilizando para ajudar o mundo durante a pandemia do novo coronavírus. A Nvidia, por exemplo, está utilizando um sistema de inteligência artificial aprimorado para garantir mais segurança para os profissionais da saúde em hospitais. Agora, foi a vez da Razer contribuir para a causa global.

Conhecida por sua atuação na indústria dos games, onde faz alguns dos acessórios mais valiosos do mercado, a Razer afirma estar se preparando para, em junho, colocar vinte máquinas de venda de máscara em Singapura. “A Razer continuará a ajudar o país a ser autossuficiente no abastecimento de máscaras”, afirmou o CEO da empresa, Min-Liang Tan.

A empresa já possui uma fábrica de produção autônoma de máscaras em Singapura, criada em apenas vinte e quatro horas em abril. No fim do mês passado, a Razer afirma ter enviado mais de um milhão de máscaras para todo o mundo e ainda quer aumentar sua produção.

Além da máquina de venda, a Razer também pretende distribuir 5 milhões de máscaras gratuitas para pessoas com 16 anos ou mais. Outra iniciativa importante é a parceria da Razer com uma fabricante de plásticos local, Sunningdale Tech, para aumentar sua produção de máscaras para 10 milhões de unidades mensais.

Compartilhe: