fbpx
LOBISOMEN 1941.2

Com Ryan Gosling a bordo, diretor de “O Homem Invisível” vai escrever roteiro do remake de “O Lobisomem”

Leigh Whannell também negocia para dirigir o projeto, que conta com a Blumhouse Productions na produção

por Pedro Strazza

Pouco antes da pandemia mergulhar todo o mercado audiovisual no atual estado de caos, a Universal Pictures e a Blumhouse Productions vinham colhendo os frutos do sucesso com o remake de “O Homem Invisível”, cujo orçamento de sete milhões de dólares rendeu uma bilheteria de 124 milhões ao redor do globo mesmo com o fim súbito. A equação explosiva obviamente colocou em movimento o plano do estúdio em revitalizar os seus famosos “Monstros da Universal”, e é claro que a equipe criativa por trás do seu primeiro hit nessa nova fase não ficaria de fora.

De acordo com o Deadline, o estúdio deu sinal verde nesta quarta (8) para o início dos trabalhos para um remake de “O Lobisomem”, que já confirmado a produção da Blumhouse e a escalação de Ryan Gosling no papel principal do homem atormentado com a maldição. A grande novidade é que Leigh Whannell, diretor de “O Homem Invisível”, não apenas negocia para dirigir o filme como já está contratado para produzir e escrever o primeiro tratamento do roteiro, que seguirá o mesmo esquema de seu mais recente trabalho na marca – uma ideia original inspirada na obra original, comandada por George Waggner em 1941. Lauren Schuker Blum e Rebecca Angelo também deve atuar na confecção do texto.

O remake é mais um da franquia que a Universal confia a responsabilidade na Blumhouse de Jason Blum, após não apenas o sucesso de “O Homem Invisível” mas também do fracasso extraordinário de “A Múmia” e o famigerado “Dark Universe”. Em março, foi reportado que o estúdio estaria considerando distribuir uma nova versão de “Drácula” da produtora com a diretora Karyn Kusama, que também segue o esquema de produções baratas com ideias originais que ajudaram a consolidar o modelo de negócios tocado por Blum.

Vale lembrar também que a mesa da Universal em relação a seus monstros no momento está um verdadeiro caos de propostas e projetos em andamento, indo de um “A Mulher Invisível” escrito por Elizabeth Banks a um remake de “A Noiva de Frankenstein” que em teoria ainda está se decidindo sobre qual abordagem prosseguir. Tirando a icônica continuação de “Frankenstein”, porém, todos os títulos “peso-pesado” da companhia no departamento parecem mesmo estar indo para a Blumhouse.

No caso de “O Lobisomem”, o projeto parece estar andando a passos largos depois que Gosling fechou contrato. Ainda não há uma previsão de lançamento ou mesmo de início das filmagens, porém, dado o status atual da indústria e o fato de não haver uma confirmação para a cadeira de diretor.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link