jack-dorsey

CEO do Twitter, Jack Dorsey doa US$ 3 milhões para programa universal de renda básica

Programa beneficiará 14 cidades dos Estados Unidos onde os prefeitos defendem pagamentos recorrentes aos cidadãos para reduzir os impactos econômicos da pandemia

por Soraia Alves

O CEO do Twitter e da Square, Jack Dorsey, anunciou a doação de US$ 3 milhões para iniciar um programa universal de renda básica. O programa beneficiará 14 cidades dos Estados Unidos onde os prefeitos defendem pagamentos recorrentes aos cidadãos a fim de reduzir a insegurança econômica e a desigualdade social, que devem se agravar ainda mais após a pandemia de Covid-19.

Entre as cidades a serem contempladas com o projeto estão Los Angeles, Atlanta, Tacoma, Washington e Pittsburgh. A contribuição de Dorsey será feita por meio da iniciativa Start Small, um fundo de US$ 1 bilhão para esforços de alívio à Covid-19 criado por ele em abril.

Juntamente com a promessa de doar o que na época era um terço de seus ativos totais, Dorsey também se comprometeu a divulgar cada doação em um documento público. Até agora, suas contribuições incluem US$ 10 milhões para fornecer notebooks e acesso à internet para 25 mil estudantes de escolas públicas em Oakland, US$ 10 milhões para criar locais gratuitos de teste de Covid-19 em comunidades vulneráveis ​​e carentes, e US$ 20 milhões para implantar ferramentas digitais para o rastreamento de pessoas que tiveram contato com o vírus.

Dorsey também doou US$ 5 milhões para a Humanity Forward, organização sem fins lucrativos do ex-candidato presidencial democrata Andrew Yang, e focada em estabelecer uma renda básica universal.

O democrata foi o primeiro a defender um programa de renda básica universal de US$ 1.000 por mês durante sua campanha em 2020, um conceito que parecia radical na época, mas que se mostra mais do que necessário agora com a crise do coronavírus.

Compartilhe: