Com TikTok em risco de ser banido nos EUA, Instagram planeja expansão global do Reels nas próximas semanas

Além dos norte-americanos, países como Reino Unido, Japão e México também estão incluídos na expansão mais agressiva do recurso

por Pedro Strazza

Depois de passar as últimas semanas realizando lançamentos localizados, o Facebook agora planeja para as próximas semanas disponibilizar o Instagram Reels ao redor do mundo. A informação vem da NBC News, que reporta que a companhia considera debutar a seção em mais de 50 países em algum momento do futuro próximo.

Este planejamento inclui os Estados Unidos, que nos últimos dias se tornou um potencial mercado “urgente” graças à situação do país com o TikTok, que arrisca ser banido pelo governo federal após escândalos de dados e a intensificação das tensões com a China. A investigação conduzida pela administração do presidente Donald Trump inclui até mesmo planos de solicitar à ByteDance que venda a operação do serviço no país para uma empresa terceira e de nacionalidade não-chinesa, mas ainda nada foi efetivado

A estratégia é similar ao que o Instagram recentemente fez na Índia, onde passou a testar o Reels uma semana depois do aplicativo da ByteDance ser proibido. Na ocasião, um porta-voz da companhia chegou a comentar que o Facebook e o Instagram estariam planejando “começar os testes de uma versão atualizada do Reels em mais países”.

Outros países citados pela reportagem da NBC que estão nos planos de expansão imediata são o Reino Unido, o Japão e o México. Se vale o contexto, além da Índia e do Brasil – que já conta com uma versão inicial da função desde o fim de 2019 – o Reels atualmente está disponível na França e na Alemanha.

Compartilhe: