Com Topo Chico, Coca-Cola vai lançar sua primeira bebida alcoólica nos Estados Unidos e América Latina

Versão hard seltzer da marca de água com gás vem para ajudar companhia no mercado de águas gaseificadas, área onde perde feio para rivais como a Bubbly

por Pedro Strazza

A Coca-Cola anunciou na última quinta (31) o lançamento de uma versão hard seltzer da Topo Chico nos EUA, marcando a primeira ocasião em que a companhia investe em bebidas alcoólicas em um de seus principais mercados. Previsto para ser comercializado em 2021, a Topo Chico Hard Seltzer como bem diz o nome será uma adaptação da tradicional água com gás para o formato popular das bebidas com álcool e sabores de fruta.

Embora cidades não tenham sido especificadas, a empresa afirma que além do território estadunidense o novo produto deve ser testado primeiro em algumas capitais da América Latina ainda este ano.

De acordo com o Bloomberg, a ideia é aproveitar a onda de popularidade do drinque no mercado para diversificar as opções frente a queda dos refrigerantes, claro, mas também reforçar a seção de águas gaseificadas do catálogo da Coca. O próprio CEO James Quincey recentemente reconheceu que as opções apresentadas pela marca – incluindo a Odwalla – não deram muito certo, citando inclusive em reuniões com investidores o sucesso das rivais LaCroix e Bubbly (que é da PepsiCo).

A aposta na Topo Chico não acontece por acaso. A bebida de origem mexicana se tornou cultuada entre o público estadunidense – em especial no Texas – depois que a Coca-Cola comprou a companhia em 2017 e passou a fazer investimentos em sua divulgação. O resultado é evidente: em 2019, as vendas da marca registraram um crescimento de 39% e alcançaram os 130 milhões de dólares.

Vale lembrar que esta não é a primeira ocasião em que a Coca-Cola investe no mercado do álcool. A empresa desde 2018 vende no Japão a Chu-Hi, uma marca de bebidas gaseificadas com álcool exclusiva do território, nunca tendo optado por expandir o produto para outros países.

Compartilhe: