Parceria entre Nivea, Pão de Açúcar e Extra arrecada fundos para minimizar impactos da Covid-19 no sertão nordestino

Compras de produtos Nivea nas unidades de ambas as redes em todo o território nacional serão revertidas em água e alimento à Instituição Amigos do Bem

por Soraia Alves

As empresas Nivea, Pão de Açúcar e Extra uniram forças em uma nova campanha que tem como objetivo arrecadar fundos para o sertão nordestino. A partir desta segunda-feira, 17/08, as compras de produtos Nivea nas unidades de ambas as redes em todo o território nacional serão revertidas em água e alimento à Instituição Amigos do Bem para combater os impactos causados pela pandemia de Covid-19 no sertão nordestino.

A Instituição, que promove a transformação de milhares de vidas por meio de projetos de educação, saúde, trabalho e renda, será a grande beneficiada com a quantia arrecadada pela venda de produtos da marca. O projeto da Nivea, que tem desenvolvido diversas ações sociais desde o início da pandemia, por meio da doação de álcool gel e produtos do portfólio para ajudar quem mais precisa, é criar uma grande corrente do bem para engajar os consumidores a apoiarem a causa: “Queremos incentivar toda a sociedade a colaborar, ajudando centenas de povoados do sertão nordestino que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social e foram fortemente atingidos pela pandemia. Podemos dizer que há muito mais por vir”, comenta Andréa Bó, Diretora de Marketing Nivea Brasil.

Para Alcione Albanesi, presidente da instituição Amigos do Bem, a iniciativa vai ajudar milhares de pessoas neste momento tão crítico: “Graças à solidariedade de empresas como Nivea e Grupo Pão de Açúcar, em uma importante parceria do Bem, vamos continuar ajudando quem mais precisa. Estamos empenhados para que não faltem alimentos, água e saúde básica para mais de 100 mil pessoas, em centenas de povoados, durante a pandemia”, conclui.  

A Instituição Amigos do Bem nasceu em 1993 e ao longo dos mais de 25 anos de trajetória já ajudou cerca de 1,5 milhão de pessoas. Os Amigos do Bem atuam em diversas áreas para promover a inclusão social e romper o ciclo de miséria na região. Hoje, 75 mil pessoas são atendidas todos os meses, em 140 povoados do sertão de Alagoas, Pernambuco e Ceará. Já construíram 4 Centros de Transformação, onde mais de 10 mil crianças e jovens participam diariamente de atividades educativas e culturais. O projeto criou fábricas de Beneficiamento de Castanha e de Doces e Oficinas de Costura e de Artesanato, que geram mais de 1.000 empregos no sertão.

Compartilhe: