Danone investe quase R$ 2 milhões em programas de desenvolvimento e inovação social durante pandemia

Empresa realizou no último mês um apoio emergencial de cerca de R$ 1,8 milhão para os programas de inovação social Kiteiras e Avante! Recicla

por Soraia Alves

O Fundo de Investimento Ecosystem da Danone, associado dos projetos de inovação social no Brasil, realizou no último mês um apoio emergencial de cerca de R$ 1,8 milhão para os programas de inovação social Kiteiras e Avante! Recicla. A verba será destinada para compor rendas básicas emergenciais das pessoas que atuam nesses programas e para a compra de equipamentos de segurança para combater a Covid-19.

“A Danone possui a missão de levar saúde por meio da alimentação ao maior número de pessoas possível e por isso queremos colaborar ainda mais para um futuro melhor tanto para as pessoas, quanto para o planeta, principalmente em tempos de combate a uma pandemia”, afirma Cibele Zanotta, Diretora de Assuntos Corporativos.

Esse aporte financeiro permitirá a manutenção dos projetos frente ao atual cenário de recessão, como é o caso do Kiteiras, programa de vendas porta a porta com foco no desenvolvimento do empreendedorismo para mulheres de comunidades menos favorecidas. O objetivo é auxiliar as Kiteiras a obter uma renda extra ou até mesmo dobrar a renda durante o isolamento social, a fim de que continuem gerando receita nesse canal de vendas.

Outro programa que recebeu a ajuda financeira, foi o Avante! Recicla, lançado em 2020 e sucessor do Novo Ciclo, tem como foco inovação em processos, conexão com a indústria e o fortalecimento da rede de catadores.

Esses dois programas que no ano passado beneficiaram cerca de 5.772 mil pessoas e geraram uma renda de aproximadamente R$ 13.6 milhões sofreram retrações devido à pandemia de Covid-19 em 2020, e tiveram continuidade graças a esse aporte recém-realizado. No plano de gestão dos repasses, os projetos contaram com o apoio dos seus respectivos parceiros sociais Aliança Empreendedora e Avina.

Todos os times estão mobilizados para replanejar estrategicamente as ações para o segundo semestre, visando garantir a sustentabilidade e segurança dos programas e seu ecossistema.

Compartilhe: