cover-facebook4

Facebook testa integrar contas dos usuários com assinaturas de jornal

Resultados são positivos, conforme público que experimentou recurso acessou 111% a mais os veículos que assina dentro da plataforma

por Pedro Strazza

Enquanto começa a se movimentar para lançar o News em mais países (incluindo o Brasil), o Facebook segue empreendendo esforços para resolver a situação da desinformação na plataforma e tornar a rede social ideal no quesito de acesso às notícias. A novidade da vez envolve colocar para dentro do aplicativo as assinaturas vendidas pelos mais diferentes veículos, abreviando ao máximo os passos necessários do público para ler dentro da plataforma matérias que já paga mensalmente para ler.

O recurso ainda está em fase de testes, mas tem um funcionamento simples: conforme identifica que o usuário tem uma assinatura de jornal com um dos veículos participantes, a rede social envia uma notificação convidando-o para conectar a inscrição com a plataforma. Caso a resposta seja positiva, o aplicativo não apenas desliga a necessidade de colocar seus dados de novo e de novo toda vez que quiser ler algo no jornal, mas o algoritmo do Facebook também passa a favorecer links do publisher envolvido na linha do tempo.

“As pessoas tem fatiga de contas e senhas e não é muito surpreendente que uma das maiores reclamações de nossos leitores é que eles tão que logar frequentemente” escreve o vice-presidente do Winnipeg Free Press, Christian Panson, no blog oficial do Facebook; “Assim que um leitor conecta suas inscrições, qualquer visita vinda do Facebook entrega uma experiência simples e sem fricções, diretamente no conteúdo que elas esperam”.

De acordo com o anúncio oficial, a companhia atualmente testa a ferramenta com uma parcela pequena de veículos, incluindo nomes grandes como o The Atlantic mas também pequenos como o próprio Winnipeg Free Press. Os resultados são positivos, porém: no último mês de junho, o público que topou o experimento acessou 111% mais vezes os jornais que assinam pelo Facebook em relação àqueles que negaram a integração.

Ainda não há confirmação se o recurso será instalado de vez no Facebook.

Compartilhe: