Nos EUA, entregadores sobem em árvore para conseguir mais pedidos

Funcionários da Amazon encontraram nova forma de subir na fila para entregas do Whole Foods

por Matheus Fiore

Os entregadores da Amazon estão aderindo a uma estratégia um tanto quanto inusitada para conseguir mais pedidos em Chicago, nos Estados Unidos. Os trabalhadores estão literalmente subindo em árvores, a fim de melhorar a recepção de sinal de seus smartphones e, assim, aumentar a chance de conseguir mais pedidos de entrega.

O caso foi registrado apenas com uma árvore específica até então, plantada em frente a uma loja da rede Whole Foods, da Amazon. A planta, inicialmente, começou a ter seus galhos utilizados para pendurar os smartphones, como noticiou o Bloomberg. Posteriormente, os entregadores perceberam que, para driblar a concorrência, subir na árvore era ainda mais efetivo.

Isso acontece porque a árvore é o ponto mais próximo da loja que recebe os pedidos. O sistema da empresa, então, detecta os entregadores mais próximos para dar a eles os pedidos de entrega. Estando no topo das árvores (ou tendo seu telefone preso a ela), você tem, portanto, mais chances de receber um pedido o quanto antes. É, então, uma forma de acelerar o processo e, no fim do dia, ter realizado mais entregas do que se esperava.

Durante a pandemia do novo coronavírus, os serviços de entrega certamente foram sobrecarregados de pedidos, já que é indicado que todos permaneçam em casa para conter a curva de contágio da COVID-19. A pandemia, porém, também cria uma crise econômica, que prejudica principalmente trabalhadores informais e das classes baixas, o que faz com que muitos procurem trabalhar dobrado para manterem-se seguros diante do cenário.

Compartilhe: