facebook-boerderijspel-farmville-stopt-eind-2020-na-elf-jaar

Fim de uma era: primeiro “FarmVille” será desativado do Facebook no final de 2020

Jogo será desligado depois de 11 anos de vida por conta da perda do suporte do Flash no Facebook e nos navegadores

por Pedro Strazza

Se você tinha um Facebook entre 2009 e 2011, provavelmente lembra com certo desgosto de “FarmVille”, jogo que talvez seja o maior exemplar da moda das jogatinas casuais da rede social na época e que vivia entupindo a aba de notificações de todo mundo com infinitas solicitações. O tempo passou e outros games tomaram o lugar do aplicativo, claro, mas agora já é possível cravar o fim de uma era conforme a simulação de fazendinha está a postos para ser desativada no fim deste ano.

A confirmação vem da Zynga, estúdio responsável pelo jogo, que na manhã deste segunda (28) anunciou em sua página de suporte que o primeiro “FarmVille” sairá do ar na plataforma no próximo dia 31 de dezembro. A decisão acontece sobretudo por questões de tecnologia: depois que o Facebook anunciou no fim de julho que a rede social não vai mais ter suporte com jogos rodados em Flash a partir da mesma data, o estúdio perdeu qualquer base para manter o game ativo dentro do aplicativo – até porque a própria Adobe já havia interrompido a distribuição e atualização do Flash nos navegadores.

Chega a ser um fim quieto para um jogo tão importante dentro do catálogo da Zynga. Lançado em 2009, o “FarmVille” original cresceu de forma exponencial dentro do Facebook e chegou a relatar um público recorde de 30 milhões acompanhando diariamente o desenvolvimento de suas fazendas. Só nos primeiros dois meses de vida o game tinha dez milhões de usuários ativos, e em certa altura do campeonato a plataforma alcançou um total de participantes inscritos que era superior aos números da comunidade do Twitter.

É claro que o jogo ganhou continuações, com a Zynga até hoje mantendo atualizado os servidores de “Farmville 2: Tropic Escape” e “Farmville 2: Country Escape” enquanto prepara o lançamento mundial de “FarmVille 3” para celular. Mas se o estúdio foi mais esperto nestas novas incursões e criou plataformas próprias para cada uma delas, o fato que nenhuma conseguiu segurar a comunidade do original – que apesar de tudo foi minguando ao longo dos últimos anos.

Para quem sentiu saudade das plantações e deseja reavivar aquele sentimento de encher a caixa de entrada dos amigos na rede social com pedidos de ajuda, a Zynga escreve no anúncio do desligamento que as compras dentro do jogo estarão disponíveis até o próximo dia 17 de novembro e que todos os fundos atualmente disponíveis na conta dos usuários poderão ser utilizados normalmente até o desligamento total na virada do ano. O estúdio também diz estar preparando ações especiais no aplicativo para celebrar o fim do mundo de fazendinhas – quem sabe agora aquela plantação renda mais, certo?

Compartilhe: