emicidab9

Netflix anuncia documentário sobre Emicida para dezembro de 2020

Filme traçará paralelo entre carreira do rapper com importantes momentos da história da cultura negra no Brasil

por Matheus Fiore

O rapper Emicida, um dos principais artistas da última década no cenário musical brasileiro, ganhará um documentário em sua homenagem pela Netflix, o principal serviço de streaming de séries e filmes do mundo. “AmarElo – É Tudo Pra Ontem” estreará no catálogo da empresa no dia 8 de dezembro, e é uma realização do Laboratório Fantasma, com produção de Evandro Fióti e direção de Fred Ouro Preto.

O filme mescla imagens do show do Emicica no Theatro Municipal com um estudo sobre a história da cultura negra do Brasil. A ideia é criar um elo entre três momentos muito relevantes da história negra brasileira: A semana da Arte Moderna de 1922, o ato de fundação do Movimento Negro Unificado (MNU), em 1978, pela valorização da cultura e de direitos do povo negro; e o emblemático espetáculo de estreia de “AmarElo”, que aconteceu em novembro, no mês da consciência negra, em 2019.

“São quatro décadas que separam a nossa ascensão ao palco do Theatro Municipal do encontro das pessoas do MNU naquelas escadarias. Então subir ali e gritar ‘obrigado, MNU’ pro mundo é para que eles saibam que é da luta deles que nasce um sonhador como o Emicida”, disse o artista, ao comentar sobre seu show.

Desde o lançamento de sua mixtape “Pra Quem Já Mordeu Um Cachorro Por Comida, Até Que Eu Cheguei Longe”, em 2009, Emicida se tornou um dos artistas mais relevantes do cenário nacional. Sua carreira começou no underground, mas logo sua importância teve peso também no topo da cultura popular da música brasileira, o que o coloca como um dos principais nomes da música nacional da atualidade.

Compartilhe: