cover-twitter4

Nos EUA, Twitter vai emitir alerta sobre desinformação relacionada ao voto

Medida é mais um esforço da empresa de Jack Dorsey para evitar que as fake news influenciem no rumo político do país

por Matheus Fiore

A partir de hoje, os usuários do Twitter que estejam nos Estados Unidos verão dois avisos em destaque no topo de seus feeds, que visam alertar preventivamente sobre possíveis informações falsas relacionadas à votação da eleição presidencial de 2020. A ideia é motivada pela crescente onda de desinformação e fake news que tem norteado o debate público americano e mundial nos últimos cinco anos.

Um exemplo é relacionado ao voto à distância – em 2020, mais eleitores do que o normal enviarão seus votos pelo correio. Um aviso surge no topo da timeline informando que ele possivelmente encontrará desinformação sobre o assunto. Essa desinformação pode ser tanto sobre datas de entrega do voto quanto sobre a segurança do procedimento, incentivando as pessoas a, talvez, não votarem.

Não é a primeira medida da empresa de Jack Dorsey para combater a desinformação. Recentemente, a rede social também passou a disparar alertas pedindo que os usuários leiam as matérias antes de tuitar. A ideia é fazer com que as pessoas conheçam a história completa antes de compartilhar apenas a manchete – o que pode levar a geração de uma desinformação por má interpretação do texto.

Até mesmo as diretrizes de uso da empresa têm sido atualizadas para melhor policiar e combater a propagação de mentiras. Quaisquer publicações que visem deslegitimar ou interferir no processo eleitoral, agora, serão sinalizadas ou permanentemente removidas da plataforma.

O Twitter não informou se pretende utilizar seu sistema de combate às fake news pela fixação de mensagens no topo da timeline para outros países. Por ora, o recurso é exclusivo dos Estados Unidos, mas não custa sonhar que, pelo menos a partir do próximo ano, a empresa já sinalize expandir o recurso para outros países, para que no Brasil, também tenhamos uma plataforma menos complacente com desinformação.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link