cover-netflix

Netflix vai aumentar preço de assinatura nos EUA

Aumento de preço já ocorreu no Canadá recentemente e pode ser aplicado em outros mercados nos próximos meses, incluindo o Brasil

por Matheus Fiore

A Netflix anunciou que vai subir o preço de suas assinaturas nos Estados Unidos. A assinatura padrão, que custava US$ 13 dólares mensais, agora custará US$ 14, enquanto a conta premium vai e US$ 16 para US$ 18. A mais barata, equivalente ao plano básico, continua com seu valor de momento: US$ 9 por mês.

Segundo a CNBC, os novos valores serão aplicados a partir dos próximos dois meses, e o serviço de streaming notificará seus usuários com pelo menos um mês de antecedência, para evitar que qualquer um seja cobrado sem saber previamente sobre a subida no preço.

Como lembrou o Engadget, a subida nos preços não é algo positivo, mas não surpreende. No Canadá, os valores também tiveram um acréscimo recentemente. Além disso, a empresa também tem reduzido ou anulado o período de testes que oferecia em diversos países do mundo. Vale notar que em 2019 a Netflix também subiu seus preços nos Estados Unidos.

A novidade chega justamente no momento em que a Netflix possui mais concorrentes. Além de serviços já bem estabelecidos, como o Amazon Prime Video e o Hulu, o Disney+ e o Apple TV+ têm conquistado mais clientes ao longo do último ano, e o HBO Max da WarnerMedia está prestes a ser lançado.

É possível imaginar, inclusive, que a subida de preços não se restrinja ao mercado norte-americano, o que pode impactar em todos os mercados – inclusive no Brasil. Por aqui, porém, a mudança ainda deve levar alguns meses, afinal, o Disney+ estréia em novembro no Brasil, e não seria muito inteligente subir o preço das assinaturas justamente quando seu maior concorrente chega nesse mercado.

Compartilhe: