alexab9

Pandemia fez usuários da Alexa perguntarem mais sobre dias e menos sobre horas

Isolamento fez com que as pessoas perdessem noção dos dias e se importassem menos com as horas

por Matheus Fiore

Que a pandemia mudou os hábitos das pessoas, não é exatamente uma novidade. Segundo a Amazon, porém, a crise trouxe efeitos até mais curiosos do que se imagina. Como noticiou o Business Insider, até mesmo na interação com a Alexa houve alguma novidade estranha. Os usuários deixaram de perguntar “que horas são?” e passaram a perguntar “que dia é hoje?”.

A Amazon estuda como as pessoas utilizam o smart speaker Echo, incluindo, claro, as perguntas mais frequentemente feitas para a Alexa, a assistente virtual da empresa. Nos primeiros meses da pandemia, nos Estados Unidos e no Reino Unido, houve uma enorme queda na frequência com que os usuários perguntam que horas são para o gadget.

O isolamento, claro, fez com que as rotinas fossem completamente alteradas, e muitas pessoas se viram obrigadas a ficar em casa para se preservar e evitar o contágio da COVID-19. Nesse cenário, não é difícil imaginar que os hábitos diários foram completamente alterados, e saber quantos dias se passaram se tornou mais relevante do que saber que horas são.

A mudança é apenas um dos destaques do que aconteceu nos últimos oito meses. Além disso, houve um enorme aumento no número de clientes que utilizam ferramentas de comunicação como o Zoom – que, inclusive, é um dos aplicativos que mais cresceu durante o período, justamente por ser, hoje, a principal plataforma para videoconferências.

Daniel Rausch, vice-presidenta da Amazon de dispositivos para casas inteligentes, disse am Business Insider que, no geral, as pessoas estão utilizando seus gadgets mais do que nunca durante a pandemia. “Definitivamente, vemos nos dados que alguns padrões dominantes são diferentes”, disse Rausch. “O uso é um pouco mais consistente ao longo do dia do que ter picos e vales quando as pessoas saem de casa durante o dia e voltam”.

Compartilhe: