cover-facebook5

Coreia do Sul multa Facebook por compartilhar dados de milhões de usuários sem permissão

Entre 2012 e 2018, rede social compartilhou informações pessoais de 3,3 milhões de usuários sul-coreanos com outras empresas que se conectaram à plataforma

por Soraia Alves

O Facebook foi multado em US$ 6,1 milhões pela Comissão de Proteção de Informações Pessoais da Coreia do Sul (PIPC), por compartilhar dados de usuários sem consentimento. A Comissão de Comunicações do país deu início à investigação em 2018, antes de entregá-la ao PIPC há alguns meses, que determinou que a rede social compartilhou as informações pessoais de 3,3 milhões de usuários sul-coreanos (de um total de 18 milhões) para outras empresas sem a permissão dos mesmos. O fato ocorreu de maio de 2012 a junho de 2018.

O relatório sobre a investigação afirma que o Facebook compartilhou nomes, endereços, datas de nascimento, experiência de trabalho, cidades natais e status de relacionamento com outras empresas quando elas se conectaram à plataforma. Além disso, o Facebook pode ter compartilhado essas informações com até 10 mil outras empresas. A investigação, porém, diz que não foi possível dizer quantas informações foram compartilhadas exatamente, uma vez que o Facebook não teria fornecido uma documentação relevante.

O PIPC também acusou a rede social de apresentar documentos incompletos ou falsos, o que a empresa negou em um comunicado afirmando que “cooperou com a investigação em sua totalidade”.

Esta é a primeira vez que o PIPC multou a rede social, mas não é a primeira vez que o Facebook enfrenta problemas na Coreia do Sul. Também em 2018, a Comissão de Comunicações do país multou a empresa em aproximadamente US$ 396.706,00 por desacelerar as conexões dos usuários em 2016 e 2017. Na ocasião, o Facebook venceu a batalha legal contra a comissão e a multa foi rescindida.

Compartilhe: