londresb9

Cancelamento de voos fez Londres deixar de ser a cidade mais conectada do mundo

Pandemia pode ter desfeito um século de progresso em aproximação de pessoas e mercados

por Matheus Fiore

Até pouco tempo atrás, Londres era considerada a cidade mais conectada do mundo. A capital inglesa, porém, viu isso mudar com a pandemia do novo coronavírus. Segundo a IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos), a cidade perdeu 67% de sua conectividade em viagens aéreas, e agora, Xangai assume o posto de cidade mais conectada do planeta.

Agora, as quatro cidades mais conectadas do mundo são todas da China. A IATA ainda afirma que a pandemia e o distanciamento social fizeram com que um século inteiro de progresso em conectividade entre cidades fosse desfeito. Grandes polos como Londres, Nova York e Tóquio foram afetados drasticamente pela redução de voos e deslocamentos.

“A mudança drástica demonstra a escala em que a conectividade do mundo teve que ser reorganizada nos últimos meses”, afirmou Sebastian Mikosz, porta-voz da IATA. “Não há vencedores, apenas alguns jogadores que sofreram menos danos. Em um curto período de tempo, nós teremos desfeito um século de progresso em termos de aproximar pessoas e mercados”, completou.

A subida de Xangai no ranking ocorre justamente porque o país, com uma política de combate ao vírus bem rígida, conseguiu se recuperar da crise antes de a maioria do restante do mundo. As viagens aéreas, por exemplo, já se recuperaram plenamente nos feriados chineses, e mais de 425 milhões de pessoas já viajaram pelo país recentemente, de acordo com o ministério do turismo chinês.

Compartilhe: