Amazon testa permitir a usuários que enviem comandos à Alexa a partir de mensagens de texto
screen-shot-2020-09-24-at-1-07-05-pm

Amazon testa permitir a usuários que enviem comandos à Alexa a partir de mensagens de texto

Recurso por enquanto é descrito como "prévia pública" no iOS e busca equiparar IA ao Google Assistente e a Siri na área

por Pedro Strazza

A Amazon começou nesta segunda (7) um novo teste de uma habilidade para a Alexa que em tese vai contra o princípio fundamental da assistente de voz. A partir de hoje, alguns usuários do aplicativo da IA no iOS vão poder digitar comandos e perguntas, ao invés de simplesmente verbalizar estes pedidos ao serviço.

De acordo com o The Ambient, o recurso pode ser acessado a partir de um ícone de teclado no canto superior esquerdo e funciona basicamente com os mesmo comandos já instalados no meio sonoro. Aos usuários, a Amazon escreve que a ferramenta é uma “prévia pública”, conforme a assistente “ainda está aprendendo a funcionar no formato” e portanto está sujeita a bugs.

Embora não exista uma previsão de lançamento oficial ou disponibilidade para o Android, o recurso de texto chega para equiparar a Alexa num campo que o Google Assistente e a Siri já trabalham há algum tempo. É inclusive como a concorrência que a ferramenta conta com sugestões de comandos – se você escrever “apague”, por exemplo, o aplicativo vai perguntar se o pedido é de apagar as luzes.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link