Telegram está chegando aos 500 milhões de usuários e prepara monetização do app

Telegram está chegando aos 500 milhões de usuários e prepara monetização do app

Fundador pretende abrir espaço para anúncios e potencializar canais

por Matheus Fiore

Mesmo que o mercado de aplicativos de troca de mensagens tenha um grande destaque, o WhatsApp, outros apps como o Telegram ainda conseguem ter alguma relevância, mesmo que em menor escala. Agora, o Telegram está chegando aos 500 milhões de usuários, e estuda monetizar o app para expandir e crescer ainda mais.

Segundo o TechCrunch, o fundador do Telegram, Pavel Durov, afirmou que um projeto desse tamanho precisa arrecadar ao menos alguns milhões de dólares anuais para manter suas operações, e para isso, vai apresentar meios de tornar o app lucrativo – sem que, com isso, o Telegram se torne exclusivamente pago, claro.

Para começar, o Telegram deve começar a ter espaço para anunciantes, respeitando a privacidade dos usuários e permitindo que as propagandas cubram os custos de servidor e tráfego. “Se monetizarmos grandes canais públicos por meio da Plataforma de Anúncios, os proprietários desses canais receberão tráfego gratuito em proporção ao seu tamanho”, afirmou Durov.

Vale lembrar que o sistema de canais do Telegram não possui paralelo no WhatsApp. Por ele, é possível que uma empresa ou pessoa crie um chat no qual as pessoas podem assinar para receber o conteúdo sem interação direta obrigatória. Com isso, é possível criar, no Telegram, uma funcionalidade bem parecida com a de uma newsletter, que é uma das formas de comunicação em ascensão na internet.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link