1418525-3788263-zoomed

Com “Tamborine” de Chris Rock, Netflix vai lançar sua primeira versão estendida de um especial de comédia

"Remix" da apresentação de 2018 estreia no dia 12 de janeiro e inclui 27 minutos de novas piadas, cenas de bastidores e entrevistas

por Pedro Strazza

É mesmo a era das versões estendidas e do diretor, porque até um especial de comédia da Netflix vai ganhar uma edição nova com mais minutos na duração. O serviço de streaming anunciou nesta segunda (4) o “Total Backout” de “Tamborine”, filme de stand-up de Chris Rock lançado em 2018 que agora vai ganhar 27 minutos a mais no novo corte.

Previsto para estrear no dia 12 de janeiro com o título “Chris Rock: Total Blackout, The Tamborine Extended Cut”, a versão é descrita pelo comediante e a plataforma como um “remix” do especial, com mais piadas sobre raça, paternidade e política. De acordo com o The Wrap, além de mais material da apresentação o filme também vai introduzir entrevistas e cenas dos bastidores do projeto.

O “Total Blackout” também ganhou um trailer, que você pode conferir abaixo.

Ainda não se sabe se o diretor da versão original do especial, Bo Burnham, está envolvido no novo corte do projeto.

Além de em tese ser o primeiro especial de comédia a ganhar uma nova versão na Netflix, o “Total Blackout” em tese surge não só como experimento mas teste de águas para um novo nicho de conteúdos dentro da plataforma. É importante porque o serviço como toda a concorrência encara em 2021 uma inevitável seca de conteúdos devido às múltiplas paralisações de produção provocadas pela atual pandemia – mais de 60% dos projetos estão previstos para serem afetados – e novos cortes de projetos de destaque (mesmo “Tamborine” não sendo esse sucesso todo) podem ajudar a preencher o tempo vazio na programação.

Compartilhe: