cover-google3 (1)

Na Austrália, Google está ocultando alguns sites de notícias do buscador

Medida parece ser retaliação por conta de projeto do governo australiano de forçar compartilhamento de lucro de gigantes da tecnologia com portais de notícias

por Matheus Fiore

Na Austrália, o Google está realizando um teste que consiste em ocultar alguns links de sites de notícias dos resultados de seu buscador. A novidade foi identificada pelo Australian Financial Review e posteriormente foi confirmada pela própria empresa. Alguns dos veículos afetados foram o Guardian Australia, o Australian e o Sydney Morning Herald.

Segundo o Google, apenas 1% das buscas está sendo afetada no país. Alguns usuários afirmam que links dessas publicações redirecionavam o navegador para matérias antigas ou não funcionavam. O experimento supostamente está sendo realizado para mensurar o impacto de novos negócios no Google Search e vice-versa.

Em 2020, o governo australiano anunciou que pretendia forçar o Google e o Facebook a compartilhar a receita de publicidade com os veículos de comunicação locais, em uma proposta que foi batizada como Código de Negociação de Mídia de Notícias. As empresas, claro, não ficaram nada contentes com a ideia, e publicou uma carta aberta afirmando que a mudança prejudicaria fundamentalmente o sistema de pesquisa da empresa como ele é hoje.

Portanto, por mais que a primeira vista a medida possa ser coerente, a médio ou longo prazo é possível que isso resulte em um ocultamento em massa de conteúdo informativo relevante dos principais portais da Austrália. Isso justamente na época em que os veículos de comunicação passam por uma enorme crise em virtude das campanhas de desinformação e fake news pelo mundo.

Compartilhe: