CEO do YouTube apresenta as prioridades da plataforma para 2021

CEO do YouTube apresenta as prioridades da plataforma para 2021

Aumentar as fontes de receita dos criadores de conteúdo e garantir informações de qualidade estão entre os focos da plataforma

por Soraia Alves

O YouTube divulgou hoje, 26/01, uma carta escrita pela CEO Susan Wojcicki na qual ela aborda as prioridades da plataforma para 2021. O documento destaca 5 temas que serão destaque das ações da empresa ao longo do ano. São elas:

  • Crescer a economia do criador;
  • Cumprir suas responsabilidades;
  • Ajudar as pessoas a aprender novas habilidades;
  • Construindo para o futuro do YouTube;
  • Trabalhar com governos em todo o mundo com foco para atender às questões regulatórias.

Entre as reflexões da carta, Susan ressalta que 2021 ainda precisará processar tudo o que o mundo tem vivido desde o ano passado, desde a pandemia de Covid-19 até questões como a invasão ao Capitólio nos Estados Unidos. A CEO também lembra que a plataforma foi mais usada do que nunca em 2020, especialmente por conta das restrições de isolamento social no mundo todo: “Crescemos à medida que a pandemia acelerou nossas vidas digitais. Durante o primeiro trimestre do ano passado, o tempo de exibição aumentou em 25% no mundo todo. E, na primeira metade do ano, nossas transmissões ao vivo diárias aumentaram em 45%”, comenta.

Para 2021, Susan afirma que a intensão do YouTube é se concentrar nas prioridades descritas anteriormente, começando por aumentar as fontes de receita dos criadores de conteúdo. “O número de novos canais que ingressaram no nosso Programa de Parcerias do YouTube (YPP) no ano passado mais do que duplicou em relação ao ano anterior”, diz a carta. A plataforma afirma que vai apoiar os criadores de conteúdo e artistas em três áreas principais: transparência das políticas, fontes adicionais de receita e incentivo ao sucesso de todos os criadores de conteúdo. Segundo a empresa, essas áreas ajudarão a identificar falhas potenciais na plataforma que podem impactar a oportunidade do criador de conteúdo de alcançar todo o potencial dele.

O YouTube também diz que vai continuar atualizando suas políticas para garantir que o público possa encontrar informações de alta qualidade na plataforma: “Estamos sempre trabalhando para alcançar o equilíbrio ideal entre a liberdade e a responsabilidade à medida que atendemos às diretrizes estabelecidas por governos em todo o mundo. Nossa abordagem com relação à responsabilidade é a de remover o conteúdo que os especialistas dizem que pode levar a danos no mundo real, recomendar conteúdo confiável, reduzir as visualizações de conteúdos duvidosos e recompensar os criadores que atendem aos nossos requisitos rígidos para monetização“.

A plataforma ainda ressalta que em 2021 manterá um foco especial em conteúdos com o tema “vacinação”, a fim de remover conteúdos que incluam afirmações sobre as vacinas para a Covid-19 que sejam contrárias ao consenso de especialistas de autoridades locais de saúde. Outros temas que ganham atenção na rede social do Google são “saúde” e “justiça racial”.

“Todos esperamos dias melhores pela frente. Não importa o que 2021 traga, o trabalho de criadores e artistas no YouTube ajudará a construir comunidades e dará a todos nós um motivo para olharmos para o futuro”, finaliza Susan Wojcicki.

Para conferir mais detalhes sobre as prioridades do YouTube para 2021, acesse aqui.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link