Will Ferrell quer se vingar da Noruega no comercial da General Motors pro Super Bowl

Will Ferrell quer se vingar da Noruega no comercial da General Motors pro Super Bowl

Com participações de Kenan Thompson e Awkwafina, "No Way Norway" faz parte do esforço da marca para ampliar uso de veículos elétricos nos EUA

por Pedro Strazza

Para o anúncio do Super Bowl deste ano, a General Motors decidiu mover uma rixa internacional “do bem” entre os Estados Unidos e a Noruega. A causa? Bem, os noruegueses estão à frente dos norte-americanos quando o tema é o uso de veículos elétricos.

Lançando na última quarta (3), o comercial “No Way Norway” é estrelado por Will Ferrell, que mostra um desejo de vingança profundo pelos noruegueses depois de saber da informação acima. O ator recruta até mesmo os comediantes Kenan Thompson e Awkwafina para promover uma confrontação direta com o país, mas a situação acaba dando errado por questões de geografia básica. Confira acima na íntegra.

Além de aproveitar parcialmente o lançamento recente de Ferrell em “Eurovision” (onde viveu um músico islandês), a peça criada pela McCann Worldgroup também busca reforçar o comprometimento da GM com o segmento de veículos elétricos – em particular o uso de baterias Ultium que se adequam a todos os modelos de carro, como bem alardeia Ferrell em determinado momento. É mais um comercial para a campanha maior “Everybody In”, que desde o início de 2021 busca conscientizar o público dos EUA sobre os benefícios do transporte elétrico para o mundo.

Enquanto a GM ainda tem mais um anúncio para veicular na final da NFL – agora específico do Cadillac – é válido dizer que a marca já obteve algum sucesso com esta campanha. Nos esforços de divulgar as prévias do comercial, uma “pegadinha” de Ferrell para pedir 5 milhões de pizzas de anchova aos noruegueses acabou viralizando a ponto de ganhar uma resposta da primeira-ministra norueguesa Erna Solberg, que respondeu à ação no Twitter.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link