2020-01-14t115541z_131860826_rc2nfe9sjigx_rtrmadp_3_usa-stocks-tesla-e1579127293876

Tesla diz que vai aceitar bitcoin como forma de pagamento em futuro próximo

Anúncio levou criptomoeda a atingir alta histórica de 43 mil dólares na cotação

por Pedro Strazza

A Tesla anunciou nesta segunda (8) que realizou um investimento de 1,5 bilhão de dólares em bitcoin. Feito em meio à divulgação de seu relatório anual de performance (o famoso 10-K), o gasto é feito para multiplicar as fontes de investimento da companhia e marca um novo comprometimento da fabricante: num futuro próximo, a Tesla vai começar a aceitar a criptomoeda como forma de pagamento.

No documento, a empresa escreve que no último mês “atualizou sua política de investimento para providenciar maior flexibilidade para diversificar e maximizar os retornos financeiros que não requeiram a manutenção de uma operação líquida adequada” e que deve passar a investir porções deste montante “em ativos alternativos determinados e específicos” nos próximos meses.

Enquanto as novidades acompanham o interesse do CEO Elon Musk em criptomoedas (com direito a #bitcoin em seu perfil no Twitter), elas também ajudaram a bitcoin a explodir em valor. O CoinDesk confirma que nas últimas horas a moeda valorizou 13,09% e alcançou uma cotação recorde de US$ 43.603,14 no mercado – o que não ajuda muito na volatilidade da bitcoin, dado que ela chegou a perder 30 mil dólares de valor durante janeiro.

Enquanto promove investimentos em criptomoedas, a Tesla segue preparando o lançamento das novas versões do Model S e Model X, que devem chegar ao mercado em algum momento de março.

Compartilhe: