fbpx
chicago7b9

Em campanha pelo Oscar, Netflix vai disponibilizar “Os 7 de Chicago” no YouTube por 48 horas

Uma das principais apostas da Netflix para o prêmio da Academia, filme de Aaron Sorkin poderá ser visto de graça na plataforma a partir da próxima sexta, 19/02

por Matheus Fiore

A Netflix vai disponibilizar gratuitamente “Os 7 de Chicago”, de Aaron Sorkin, por dois dias em seu canal oficial no YouTube. O filme será lançado no dia 19 e ficará disponível até o dia 21 na plataforma sem qualquer cobrança para celebrar o aniversário do veredito do julgamento histórico retratado na produção.

No blog oficial, Sorkin escreve que a ação foi feita para “relembrar os verdadeiros patriotas que inspiraram a geração” norte-americana ao “tomar as ruas e fazer tremer as fundações da constituição estadunidense”, junto daquelas que buscam fazer o mesmo nos dias de hoje. “Quando começamos a filmar no último inverno, nós sabíamos que a história que contávamos não apenas era um capítulo importante da história americana, mas muito relevante aos eventos de hoje” escreve o diretor; “Nós certamente não precisávamos tornar mais relevante os eventos, mas eles se tornaram”.

Focado no julgamento de oito protestantes que se manifestaram contra a Guerra do Vietnã, o filme estrelado por Sacha Baron Cohen, Eddie Redmayne e Mark Rylance foi um dos principais lançamentos do serviço de streaming em 2020 e e uma das apostas da empresa para a atual temporada de premiações. Pelo fato de a pandemia ter limitado o circuito cinematográfico americano e mundial, 2021 será um ano com muito mais espaço para os filmes de streamings como Netflix e Prime Video nas premiações.

A jogada, então, parece um esforço da Netflix para trazer de volta o filme para o centro dos debates da academia durante um momento crucial, às vésperas dos primeiros prêmios de sindicato que devem ditar os rumos do Oscar de 2021. Em 2020 a Netflix fez algo parecido, disponibilizando documentários como “A 13ª Emenda” gratuitamente em seu canal oficial.

O filme estará disponível globalmente e é, também, uma forma interessante de a Netflix atrair novos assinantes para sua plataforma. Enquanto serviços como o Disney+ se garantem com seu conteúdo exclusivo, a Netflix tenta fazer o caminho oposto e convencer o público a se tornar assinante dando um gostinho de o que pode ser visto na plataforma.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link