cover-netflix10

Gareth Evans, de “The Raid”, assina contrato de exclusividade com a Netflix

Primeiro projeto será protagonizado por Tom Hardy

por Matheus Fiore

O longa de ação “The Raid” se tornou um dos mais relevantes do gênero em Hollywood na última década. Seu diretor, Gareth Evans, ganhou notoriedade e, agora, acaba de dar mais um passo na consolidação de sua carreira: o diretor assinou um contrato de exclusividade com a Netflix. Evans produzirá e dirigirá filmes para a gigante do streaming.

O primeiro produto da parceria será “Havoc”, longa que deve ter Tom Hardy (de “Mad Max: Estrada da Fúria” e “Venom”) no papel principal. Evans, claro, vai produzir, dirigir e escrever o roteiro do filme. A produção é compartilhada com o próprio Hardy, além de Ed Talfan e Aram Tertzakian. O filme acompanha um detetive que mergulha no mundo do crime para resgatar o filho de um político que foi sequestrado.

Não por acaso, a descrição dada pela empresa lembra bastante o último grande sucesso de ação da Netflix: “O Resgate”, de Sam Hargrave. O filme de 2020, inclusive, também é protagonizado por um ator com passagem por filmes de super-heróis: Chris Hemwsorth (o Thor do MCU). O último trabalho de Hardy foi como Al Capone em “Capone”, de Josh Trank.

Nos últimos anos, já se preparando para competir com gigantes como Amazon Prime Video e Disney+, a Netflix tem investido em diretores autorais para tocar projetos dentro da empresa. Além do bem-sucedido “Roma”, de Alfonso Cuarón, que fez a limpa no Oscar de 2019, a Netflix também tem produzido filmes de Martin Scorsese, como “O Irlandês”. Desde o sucesso de “O Resgate”, a empresa tem visto também no nicho de filmes de ação a oportunidade de expandir seu catálogo para mais gostos.

Compartilhe: