dia-da-mulher-catho

Pesquisa da Catho mostra que mulheres ganham até 34% menos nos mesmos cargos que homens

Em todos os níveis as mulheres apresentam salários inferiores. Em funções como gerente e diretor, por exemplo, elas chegam a ganhar 24% menos que eles

por Soraia Alves

Segundo uma pesquisa salarial realizada pela Catho, em fevereiro deste ano, mesmo ocupando os mesmos cargos e com as mesmas funções, as mulheres chegam a ganhar até 34% menos que os homens. Em relação aos cargos de liderança, em todos os níveis as mulheres também ganham salários inferiores aos dos homens. Em funções como gerente e diretor, por exemplo, elas chegam a ganhar 24% menos que eles.

As mulheres também enfrentam outros obstáculos no mercado de trabalho além da diferença salarial. Algumas áreas ainda são hostis à presença de profissionais femininas, caso do segmento de tecnologia que, embora tenha mantido as contratações em ritmo acelerado mesmo durante a pandemia, tem dificuldade em inserir mulheres no setor, mais ainda em cargos de liderança.

Segundo a pesquisa, somente 19% da área de tecnologia é composta por mulheres e, em média, elas ganham 11% menos que os homens. Em alguns cargos, como engenheiros de sistemas operacionais em computação e gerente de desenvolvimento de sistemas, as mulheres chegam a ganhar, respectivamente, 33% e 18% menos que os homens. As mesmas funções são ocupadas por 15% e 19% de mulheres, apenas.

“A tecnologia pauta o nosso futuro. É ela quem dita como vamos viver, evoluir, nos locomover e nos relacionar. E apesar de sermos mais da metade da sociedade brasileira, somos apenas 19% em cargos na área de tecnologia. Nosso futuro está sendo escrito pela metade”, enfatiza Regina Botter, diretora de Operações da Catho.

Essa Cadeira é Minha

Diante do cenário de desigualdade salarial entre homens e mulheres, há um ano a Catho lançou o movimento Essa Cadeira é Minha, que tem o objetivo de estimular mulheres em cargos de liderança, e promover o diálogo com toda a sociedade.

Agora, diante dos novos dados da pesquisa, a empresa lança um novo braço do projeto, o Essa Cadeira é Minha Tech, que foca na inserção de mulheres no mercado da tecnologia. Como uma das atividades propostas pelo movimento, em uma ação conjunta com o coletivo UX Minas Pretas e a comunidade global WoMakersCode, a Catho fará a distribuição de 1,5 mil vouchers de gratuidade na plataforma da empresa para busca de vagas e envio ilimitado de currículos.

Os detalhes sobre a iniciativa podem ser conferidos na plataforma do movimento.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link