Imagem: Richard Harbaugh/Getty

Sem Zoom: cerimônia do Oscar 2021 será 100% presencial

Academia confirma a convidados que vai seguir protocolos, mas recusará participações virtuais

por Matheus Fiore

A Academia confirmou que a cerimônia de 2021 do Oscar será totalmente presencial. Isso significa que, mesmo os indicados que não se sintam confortáveis para ir a Los Angeles comparecer pessoalmente, não terão a opção de participar por vídeoconferência, em apps como Zoom ou Skype. A organização do evento promete seguir todas as orientações sanitárias da Organização Mundial da Saúde para garantir que todos estejam em segurança.

Outras cerimônias recentes, como o Emmy e o Globo de Ouro, permitiram que seus indicados e premiados participassem à distância, o que certamente está gerando um incômodo entre os concorrentes ao principal prêmio da indústria cinematográfica americana. “Para aqueles que não poderão participar do evento em virtude do calendário ou dificuldades de deslocamento, nós informamos que não haverá uma opção de participar por Zoom”, afirma a Academia em carta enviada aos convidados.

“Nós estamos fazendo um grande esforço para que possamos proporcionar uma noite segura e agradável para todos vocês pessoalmente, assim como estamos trabalhando para que todos os milhões de fãs de cinema ao redor do mundo possam se divertir, e por isso, sentimos que um evento virtual esvaziaria esses esforços”, justifica a mensagem. A Academia promete ainda que haverá estandes para testagem na entrada do evento.

Vale lembrar ainda que a Academia já reduziu o número de convidados para a edição de 2021. Segundo a Variety, apenas os apresentadores, os indicados e seus convidados poderão participar – sem grandes figurões da indústria que vão só pelos comes e bebes, dessa vez. Com as restrições impostas pela COVID-19, até mesmo o lugar do Oscar sofreu alterações. A cerimônia de 25 de abril, que tradicionalmente ocorre no Dolby Theatre, agora também irá para o Union Station de Los Angeles.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link