Microsoft vai reabrir escritórios com estações híbridas de trabalho
Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons

Microsoft vai reabrir escritórios com estações híbridas de trabalho

Empresa definiu planejamento em seis etapas, com a reabertura parcial sendo a inauguração da quarta fase

por Matheus Fiore

A pandemia fez com que todas as gigantes do ramo tecnológico fechassem seus escritórios presenciais e repensassem o modelo de trabalho. Como em quase todos os negócios do mundo, na tecnologia, as empresas também passaram a adotar o trabalho à distância para evitar contágio da COVID-19. Agora, a Microsoft anuncia que, no dia 29 de março, vai reabrir suas instalações em Washington.

Em uma postagem em seu blog, a empresa comentou o anúncio. “Atualmente, as instalações da Microsoft em 21 países têm sido capazes de acomodar funcionários adicionais, o que representa cerca de 20% de nossos empregados mundialmente”, afirmou Kurt DelBene, chefe de estratégia corporativa da empresa. “Em 29 de março, a Microsoft também começará a fazer essa mudança em nossa sede de Redmond, Washington, e nos locais próximos”, completou.

O foco da empresa é fazer um retorno gradual, sempre em alinhamento com as determinações das autoridades locais para não correr riscos nem ir contra as orientações de cada região. “Ao passo que vemos o progresso na luta contra o vírus nessa região, vamos nos adaptando. Funcionários da nossa sede em Redmond ou em regiões próximas poderão escolher se preferem continuar remotamente ou retornas aos nossos escritórios – ou até mesmo definir um calendário para operar de ambas as formas”, explicou DelBene.

A Microsoft definiu um plano em seis etapas para lidar com a pandemia. No primeiro estágio, a empresa estava completamente fechada. No segundo e no terceiro, o trabalho era exclusivamente remoto. No quarto, que é onde a empresa se encontra no momento, há uma abertura lenta e gradual, para ver como os funcionários receberão e se adaptarão à novidade. Já no quinto estágio, há uma reabertura mais concreta, mesmo que com restrições, até que na etapa final, a empresa reabrirá completamente.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link