1_nEohI5yAjlAjZq3p4vb2Jw Imagem: Discord

Microsoft pode comprar Discord por US$ 10 bilhões

App de chats por áudio, texto e vídeo tem conquistado mais públicos durante pandemia

por Matheus Fiore

A Microsoft está cogitando comprar o Discord pelo precinho de US$ 10 bilhões. Segundo a Bloomberg, os proprietários da plataforma gratuita de chats de áudio estão conversando com potenciais compradores e a Microsoft está liderando a disputa.

Representantes de ambas as empresas se recusaram a comentar a notícia, mas além da Bloomberg, o VentureBeat reportou que acionistas do Discord já estariam a procura de compradores. O Discord, vale lembrar, tem se popularizado para além da bolha gamer, que foi o nicho que fez a ferramenta ganhar o status que tem hoje. É difícil não pensar que a pandemia tenha ajudado ainda mais no crescimento do app, já que é uma das mais eficientes e completas ferramentas para conversação da internet.

O app totalmente gratuito estourou sua bolha durante a pandemia e se tornou um sucesso entre vários públicos. Em 2020, a empresa chegou a anunciar um plano de investir mais de US$ 100 milhões para expandir seu sucesso para outros públicos. “Com o passar do tempo, muitos de vocês perceberam – e verbalizaram – que vocês simplesmente queriam ter um espaço projetado para encontrar com amigos e conversar, tendo o conforto de estarem em suas próprias comunidades, com seus próprios amigos”, disse o CEO Jason Criton.

O Discord cresceu ao ponto de se tornar uma das principais plataformas de comunicação por áudio da internet. O aplicativo para mobile e desktop, que oferece conversas em chats de áudio, texto e vídeo, tem atraído olhares, e uma venda não seria uma grande surpresa. Mesmo que o sucesso do Discord hoje exceda o nicho dos jogos, a Microsoft provavelmente tem interesse em utilizá-lo principalmente com gamers, já que poderia integrá-lo às suas plataformas no Xbox Series X e S.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link