download
Imagem: Amazon

Amazon abre salão de cabeleireiro em Londres

Amazon Salon servirá de espaço pra empresa colaborar com a indústria da beleza e testar novas tecnologias (incluindo realidade aumentada)

por Pedro Strazza

Depois de apostar em mercados com o Go e o Whole Foods, a Amazon agora vai atrás do segmento de cabelos. A companhia vai abrir esta semana em Londres um cabelereiro batizado de Amazon Salon, cujo foco é testar “as últimas novidades tecnológicas da indústria” enquanto garante um visual espetacular à sua clientela.

A Amazon declara que o empreendimento é “experimental” no blog oficial, comentando que a princípio apenas funcionários poderão frequentar o salão de beleza – mas acrescenta que daqui algumas semanas o público também poderá fazer reservas. A ideia é testar novos produtos e tecnologias, incluindo uma realidade aumentada que permite os clientes a visualizar estilos de cabelo antes de decidir qual corte aderir, e não há planos de expansão para outras regiões.

O Amazon Salon vai ocupar em torno de 139 metros quadrados e dois andares num dos edifícios da Brushfield Street, contando com Elena Lavagni de responsável pelos serviços. Além da realidade aumentada, as estantes contarão com códigos QR ligados aos produtos exibidos para permitir que o público obtenha mais rapidamente os produtos de interesse, incluindo a entrega em casa dos itens selecionados e adquiridos.

“Nós concebemos este salão para consumidores virem e experimentarem algumas de nossas melhores tecnologias, produtos de cuidado do cabelo e estilistas da indústria” escreve no blog o gerente nacional da Amazon no Reino Unido, John Boumphrey; “Nós queremos que este estabelecimento único nos deixe um passo mais próximo dos consumidores, e este será um lugar onde podemos colaborar com a indústria e testar novas tecnologias”.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link