wwf-animais-extinçao Imagem: Reprodução/WWF Chile

WWF recria animais extintos para interagir virtualmente em realidade aumentada

Museu virtual busca dar visibilidade a espécies já extintas ou em vias de desaparecer, a fim de evitar que novos animais sejam adicionados a esta lista

por Soraia Alves

Graças à realidade aumentada, a nova campanha do WWF Chile traz de volta animais que já estão extintos. A campanha consiste em um site no qual os visitantes podem viver uma experiência móvel imersiva, e interagir com os animais extintos na vida real.

A ação foi criada em parceria com a Inbrax, e funciona como um museu virtual que busca dar visibilidade a algumas espécies já extintas ou em vias de desaparecer, a fim de educar as gerações futuras e evitar que novos animais sejam adicionados a esta lista de extinção.

Feita a seleção, o visitante poderá conhecer mais sobre esses animais, com informações de onde viviam, qual era seu habitat natural, entre outras. Além disso, a campanha considera a experiência ao ar livre com QR Codes para que as pessoas possam ver os animais de seus celulares, onde quer que estejam.

Segundo Pedro Antolin, diretor de criação da Inbrax, “o atual cenário mundial do COVID-19 nos fez repensar a forma como nos relacionamos com o público, como nos relacionamos e, acima de tudo, como nossos filhos estudam, que queríamos fazer uma contribuição para que os mais pequenos se divirtam numa pandemia e ao mesmo tempo tomem consciência de espécies que hoje não existem e que só lhes falta conhecer virtualmente ”.

Entre os animais que aparecem no museu virtual estão o Pássaro Dodô, o Leopardo Nebuloso de Formosa e a Alca Gigante. Para acessar o site, clique aqui.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link