image1-3 Imagem: Ken Yeung/VentureBeat

Verizon vende Yahoo e AOL por US$ 5 bilhões

Companhia ainda vai manter 10% das ações das duas companhias depois da conclusão da venda à Apollo Funds, prevista para o segundo semestre deste ano

por Pedro Strazza

A Verizon oficializou no começo desta segunda (3) a venda do Yahoo e da AOL para a Apollo Funds. Ambas as empresas são parte de um acordo de aquisição medido em US$ 5 bilhões, o qual prevê a manutenção de 10% para a companhia de telecomunicações e a fusão dos dois negócios em um só, batizada de Yahoo e formada para facilitar a administração das operações.

Os cinco bilhões no caso são a soma dos US$ 4,25 bilhões usados pela Apollo para garantir o controle acionário das empresas com US$ 750 milhões pagos à atual proprietária. A expectativa é que o acordo seja concluído em algum momento durante o segundo semestre de 2021.

Do lado da Verizon, o acordo é o fim da jornada da companhia pelo ramo de mídia que começou em 2015, quando comprou a AOL por US$ 4,4 bilhões – ela viria a tomar posse do Yahoo em 2017 por US$ 4,48 bilhões, uma barganha gerada pelo escândalo de múltiplos vazamento de dados. Na prática, porém, a concorrência do Facebook e do Google prejudicaram a divisão batizada de Verizon Media na hora de ocupar espaço mais significativo no meio.

No comunicado oficial, a empresa escreve que a venda vai permitir à divisão lutar com maior agressividade por crescimento. “A Verizon Media fez um trabalho incrível para remodelar o negócio nos últimos dois anos e meio e o potencial de crescimento é gigante” escreve o CEO da Verizon Hans Vestberg no comunicado.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link