Governo italiano revela design da nova reforma da arena do Coliseu

Estrutura de treliças vai permitir que público caminhe por todo o espaço e tenha a oportunidade de ver de cima o subsolo labiríntico do monumento

por Pedro Strazza

A Itália desde o fim do ano passado tem planos de reformar a arena do Coliseu, uma de suas principais atrações turísticas, mas até então o projeto se mantinha numa fase de prospecção – ou melhor, encontrar engenheiros que apresentassem a melhor proposta. Esta semana, o governo do país enfim apresentou ao mundo o novo design do “chão” do monumento, que deve dessa vez ocupar toda a área superior para dar aos turistas e visitantes um gostinho de como era a vida dos gladiadores no passado.

Concebido pela firma de engenharia Milan Ingegneria, o projeto apresentado no último domingo (2) pelo ministro da Cultura Dario Franceschini usa um sistema de treliças de ripas de madeira para revestir os mais de três mil metros quadrados da arena, a fim de não apenas permitir que o público passeie pelo espaço mas também tenha a oportunidade de conferir o sistema de labirintos do subsolo. É uma resolução que expande a proposta anterior, que restringia consideravelmente a área de visitação para deixar a céu aberto o que vinha debaixo. Você pode conferir o design no vídeo acima.

Além de confirmar que a reforma vai usar apenas materiais sustentáveis – as ripas serão feita de madeira Accoya – o CEO da Milan Ingegneria, Massimiliano Milan, diz à CNN que a estrutura é toda reversível, permitindo que o governo possa modificá-la ou reformá-la sem maiores problemas nos próximos “30, 50 ou 100 anos”.

A expectativa é de que a reforma comece ainda este ano e termine até 2023, com a arena podendo servir de espaço para eventos e novas atrações turísticas.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link