maxresdefault
Imagem: Reprodução/Mulderville

Sem dar nomes, J.J. Abrams praticamente admite que Disney não planejou “Star Wars”

Diretor afirma que é preciso aprender a lidar com mudanças no processo criativo e saber para onde uma obra está caminhando

por Matheus Fiore

“Eu não acho que há nada mais importante do que saber para onde você está indo”, disse J.J. Abrams ao Collider enquanto comentava sobre cinema. Abrams foi uma das mentes por trás da trilogia “Star Wars” produzida pela Disney entre 2015 e 2019. Em entrevista, o cineasta americano não comentou diretamente sobre o projeto, mas deu a entender que, em algum momento, os planos do estúdio não deram muito certo.

“Eu estive envolvido em uma boa quantidade de projetos – na maior parte dos casos, séries – que tinham ideias que começavam de um jeito que me fazia sentir que sabíamos para onde tudo estava indo. Às vezes, um ator embarca no projeto, em outros, algo surge durante a escrita do roteiro, e então você pensa ‘isso pode ser especial’.” comentou o diretor sobre como planejamentos podem ser afetados ao longo do tempo.

“Subitamente, um pequeno personagem ou evento se torna algo grandioso para a história. Eu sinto que aprendi algumas lições, e a lição que tirei é que você precisa planejar as coisas da melhor forma possível e estar igualmente preparado para responder ao inesperado. O inesperado pode vir de várias formas, e eu acho que não há nada mais importante do que saber para onde o projeto está caminhando”.

Sem entrar em detalhes, Abrams ainda comentou sobre projetos que deram errado: “Há alguns projetos nos quais trabalhei em que tínhamos algumas ideias, mas não as trabalhamos o suficiente. Às vezes nós temos ideias mas então nós não temos permissão para fazer o que quisermos com elas. Eu já estive em todo tipo de situação na qual você planeja coisas de uma forma e subitamente você se vê fazendo algo totalmente diferente, e às vezes isso funciona e você pensa ‘nossa, isso realmente encaixou’. Em outras vezes, porém, eu penso ‘meu Deus, eu não acredito que estamos nesse ponto’. Às vezes, as coisas não funcionam porque não estão como você planejou, e às vezes, elas não funcionam porque você simplesmente não as planejou”, disse o diretor.

Apesar de não dar nome aos bois, fica bem claro que Abrams se referia, provavelmente, à trilogia dos episódios VII, VIII e IX de “Star Wars”. Abrams dirigiu o primeiro filme, e o segundo ficou à cargo de Rian Johnson, que apesar de ter feito sucesso, mudou completamente o rumo da saga.

O terceiro filme, que teve Abrams de volta ao cargo de diretor, foi o mais criticado de toda a franquia de 11 filmes até hoje, justamente por tentar consertar algo que, talvez, não precisasse ser consertado. A Disney, porém, optou por “desfazer” o que Johnson fez com a história e retomar a ideia do filme de 2015.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link