mastercard-tite-copa-america
Imagem: Reprodução/CBF

Ainda como patrocinadora da Copa América, Mastercard só não vai exibir a marca na competição

Posicionamento da empresa segue o mesmo dos jogadores da Seleção Brasileira: "somos contra, mas vamos jogar"

por Soraia Alves

A Mastercard anunciou que não vai mais exibir sua marca durante a Copa América 2021. Na prática, é só isso mesmo: a empresa continua como patrocinadora da competição, porém não realizará ações envolvendo o evento, como a exibição de placas com seu nome no campo de futebol, por exemplo. “Após análise criteriosa, decidimos por não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil”, diz o comunicado da Mastercard à imprensa.

A empresa é patrocinadora do torneio desde 1992. Já a parceria com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vem desde 2012.

A decisão acontece após discussões sobre a realização da Copa América no Brasil em meio à pandemia de Covid-19, que ainda afeta muito o país. Inicialmente sediado na Argentina e na Colômbia, o evento veio parar aqui depois que os dois países cancelaram sua realização devido à pandemia. A Conmebol, então, procurou o Brasil, que prontamente aceitou ser a nova sede da Copa América.

Depois de muita especulação sobre qual seria o posicionamento da Seleção Brasileira em relação aos jogos no país, nesta quarta-feira, 09/06, os jogadores divulgaram um manifesto afirmando que são contra a realização da Copa América no Brasil. Porém, vão disputar a competição mesmo assim.

A Copa América acontece entre os dias 13 de junho e 10 de julho.

Compartilhe:
  • tags:
icone de linkCopiar link