brb9
Imagem: Miguel Schincariol

Clubes se unem para criar liga a fim de gerir o Campeonato Brasileiro

Documento foi assinado por 19 dos 20 clubes da primeira divisão. Intenção dos clubes é cuidar do torneio e do calendário já a partir da próxima temporada

por Matheus Fiore

Atualmente, a Confederação Brasileira de Futebol é responsável pela gestão tanto da Seleção Brasileira quanto das competições nacionais. Os clubes da primeira divisão, porém, querem mudar esse cenário. Segundo o GloboEsporte, 19 dos 20 clubes da Série A se uniram e assinaram um documento a fim de organizar uma Liga para gerir o Brasileirão.

O único clube que não assinou foi o Sport de Recife, mas por um motivo excepcional: a instituição está sem presidente porque Milton Bivar acaba de renunciar ao cargo. O documento foi entregue à direção da CBF em uma reunião. É possível imaginar que, caso a mudança de gestão ocorra, é provável que haja uma reforma completa tanto no calendário do futebol brasileiro quanto na distribuição de receitas e premiações.

A intenção dos clubes é cuidar do torneio e do calendário já a partir da próxima temporada, que tem início em janeiro 2022. Vale lembrar que o que os clubes buscam não é novidade no mundo do futebol. Na Europa, por exemplo, as confederações nacionais são responsáveis apenas pelas seleções, e os campeonatos são geridos por uma liga comandada pelos próprios clubes – como é o caso da Premier League, na Inglaterra.

Não é a primeira vez que os clubes se organizam para criar uma liga separada da CBF. Em 1987, a confederação abriu mão de organizar o Campeonato Brasileiro por problemas financeiros. Diante disso, os clubes mais poderosos do país fundaram o Clube dos 13, que organizou a Copa União. A ideia, porém, acabou não durando muito, e o poder logo voltou para as mãos da CBF, que manda no futebol brasileiro até hoje.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link