Beck’s convida público a aproveitar o Tomorrowland digital, mesmo longe das multidões

Campanha da marca é a primeira do Brasil a experimentar o modelo Double The Line, projeto que visa ampliar a diversidade racial nas produções publicitárias

por Soraia Alves

Neste ano, o Tomorrowland ainda não acontece de forma presencial por conta da pandemia de Covid-19. Mas a edição digital do festival está marcada para os dias 16 e 17 de julho, e a cerveja Beck’s convida o público a vivenciar as experiências do evento mesmo longe da multidão. Com o conceito “Unlock Today, Define Tomorrow”, o filme da campanha, criado pela AKQA Casa e produzido pela Stink Films, dá o unlock no festival ao mostrar como a dança é uma linguagem universal e poderosa, capaz de conectar pessoas de diferentes espaços e culturas, mesmo que separadas.

A proposta do vídeo é ressignificar o conceito de multidão. Dessa forma, o filme mistura movimentos de dançarinas reais com holografias, destacando a melhor forma de aproveitar o mundo atual em uma ode à dança. Toda a coreografia tem o desenvolvimento das Turmalinas Negras, projeto de artistas negras com o foco na dança.

“Mesmo separados, as novas tecnologias nos permitem desfrutar e estar conectados num momento onde não é possível estar junto. Ao mostrarmos para as pessoas que é possível vivenciar todas as experiências, mesmo sozinhas, quebramos mais um paradigma e desafiamos o status quo para criar uma outra forma de nos conectarmos com os eventos e os amigos”, destaca Bruna Buás, diretora de marketing de Beck’s.

Vale destacar que a campanha é a primeira iniciativa da adaptação brasileira ao Double The Line. Idealizado pela AICP e em adaptação ao mercado brasileiro pela APRO, o projeto visa ampliar a diversidade racial nas produções publicitárias, ao formar lideranças de profissionais negros no mercado. Assim, Beck’s é a primeira marca a experimentar esse modelo no Brasil.

A proposta é simples: para cada criação comercial, agência e clientes consultarão a empresa de produção e pós-produção e, com base em candidatos potenciais, custos e oportunidades, dobrarão a função de qualquer posição individual na licitação. Ao fazer isso, eles concordam em cobrir os custos de contratação de um candidato para trabalhar junto com a função escolhida. No filme, Pedro Tejada e Natan Neves formaram uma dupla na direção de cena e Carol Scortegagna fez a dobradinha com Samy Silva.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link