fbpx
E5Ofk9BXwAQiSzi

Twitter começa a testar marcadores de desinformação mais chamativos

Novos designs em testes incluem sistema de cores e maior espaço dentro da linha do tempo do usuário

por Pedro Strazza

O Twitter anunciou na última quinta (1) o início de testes para novos marcadores de desinformação na plataforma – e pelo andar da carruagem, as considerações da empresa giram em torno de designs mais chamativos na hora de identificar posts que estejam promovendo a má prática, mas não o suficiente para serem deletados.

Previsto para ir ao ar já esta semana a um número limitado de usuários, as mudanças em teste incluem um código de cores para os marcadores de desinformação, bem como um espaço maior de ocupação na linha do tempo. Os tweets identificados como “enganação” terão um fundo vermelho no aviso, enquanto publicações mais brandas receberão uma marcação com fundo amarelo.

Ao TechCrunch, um porta-voz da empresa esclarece que a ideia por trás dos novos designs é permitir que as pessoas recebam “uma comunicação mais impactante” por meio de “cópias, símbolos e cores” quando para identificar posts suspeitos na linha do tempo. O Twitter diz também que as mudanças são consideradas tendo em vista uma série de estudos que provou o impacto positivo destas alterações visuais na forma como os usuários se relacionam com essas marcações – e que diversas variantes foram experimentadas até aqui.

O experimento é também mais um passo nas mudanças que a companhia tem promovido na área desde sua introdução no ano passado. Em junho, o Twitter introduziu um sistema de strikes similar ao YouTube para controlar melhor contas que continuamente infringem as regras da comunidade, além de ter lançado marcadores específicos de desinformação sobre a vacinação da Covid-19.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link