cover-youtube5

Receita de publicidade do YouTube bate recorde e chega a US$ 7 bilhões no segundo trimestre

Valor é 84% superior ao mesmo período em 2020, quando plataforma sofreu baixas na publicidade por conta da pandemia

por Pedro Strazza

O YouTube revelou nesta terça (27) seu relatório financeiro do último trimestre com uma bomba e tanto: entre os meses de abril e junho, a companhia garantiu uma receita de publicidade na altura dos US$ 7 bilhões, um recorde histórico para a plataforma de vídeos.

Além do valor em si, o número é espantoso quando justaposto ao mesmo período em 2020, quando a rede social registrou US$ 3,81 bilhões – uma quantidade baixa com muita culpa no início da pandemia do coronavírus, que fez muitos anunciantes diminuírem investimentos. Com 84% de recuperação de um ano pro outro, o desempenho supera e muito as expectativas de especialistas.

O YouTube também divulgou no relatório trimestral uma receita geral de US$ 61,88 bilhões e uma rede de US$ 18,5 bilhões, números que também representam recordes para o período e ficam acima do esperado pelo mercado. De acordo com a Variety, o CEO do Google Sundar Pichai ligou a alta da empresa a um aumento geral das atividades online em diversas partes do globo, com a infraestrutura da rede social e de outros produtos do conglomerado mantendo atividades sem maiores problemas.

“Nossos investimentos de longo prazo em inteligência artificial e no Google Coud estão nos ajudando a garantir melhorias significativas na experiência digital de todo mundo” chegou a declarar o executivo no evento com acionistas.

Vale acrescentar que os números do YouTube não levam em conta as assinaturas do YouTube Premium e do YouTube TV, algo que certamente contribui ainda mais para a lucratividade da plataforma.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link