fatimasemselo_jnrjCz6.jpg.1860x550_q85_box-46,370,1918,923_crop_upscale
Imagem: Divulgação

Twitter bloqueia Fátima, bot do Aos Fatos que combate desinformação

Rede social suspendeu acesso do bot à API da plataforma, depois de impedir o funcionamento da conta por dez horas

por Pedro Strazza

O Twitter anda bastante atento a novas formas de expandir o combate a desinformação que acontece em sua plataforma, mas a manobra mais recente da empresa neste departamento é tudo menos prudente. Depois de uma rápida suspensão na segunda (2), a rede social bloqueou o funcionamento da Fátima, bot lançado em 2018 pela agência de checagem de fatos Aos Fatos que ajuda diariamente usuários contra o compartilhamento de notícias falsas.

De acordo com a agência, o Twitter nesta terça (3) baniu o acesso do bot à API (interface de programação de aplicações) da plataforma, uma decisão que impede o funcionamento da Fátima para detecção de links com desinformação compartilhados na rede social, uma parte essencial na execução do trabalho. A manobra acontece depois que a companhia suspendeu o perfil da aplicação por 10 horas, com a plataforma alegando que o bot violou regras de automação ao usar um aplicativo “que menciona ou comenta, de forma duplicada, conteúdos relacionados a contas que não estão interagindo diretamente com o perfil”.

O mais confuso, porém, é que tanto o bloqueio da API quanto a suspensão aconteceram sem aviso prévio do Twitter aos responsáveis, de acordo com o Aos Fatos. A companhia inclusive retirou o acesso da primeira porque sua análise da suspensão decidiu de última hora que o bot viola regras de spam.

A atitude é contraproducente com as estratégias recentes da companhia. Além de estar testando novos marcadores de desinformação desde o mês passado, o Twitter no dia de hoje também anunciou uma nova parceria com as agências de notícia Reuters e Associated Press para que estas providenciem informações de maior autoridade e checagens de notícias a todos os contextos escritos pelas equipes internas da empresa na linha do tempo.

A Fátima mantém o trabalho em dia, enquanto isso. De acordo com o Aos Fatos, só nos últimos meses o bot vem desmentindo desinformações com discurso antivacina, uma ação importante dado o contexto maior da pandemia e o prosseguimento da ausência de controle sobre a doença no mundo por conta do lento avanço da vacinação.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link