fbpx
cover-facebook4

Facebook bane conteúdo do Talibã de suas plataformas

Facebook, Instagram e WhatsApp não terão mais espaço para postagens enaltecendo os feitos do grupo terrorista

por Matheus Fiore

O Facebook Group anunciou nesta terça-feira (17) que vai banir quaisquer conteúdos de apoio ao Talibã de suas plataformas. Isso significa que Facebook, Instagram e WhatsApp, as três redes sociais de Mark Zuckerberg, não terão mais espaço para compartilhamento de postagens do próprio Talibã nem de pessoas que promovam seus feitos.

“O Talibã é reconhecidamente uma organização terrorista sob o olhar jurídico americano e nós os banimos de nossos serviços baseados em nossas diretrizes para organizações perigosas”, disse um porta-voz da empresa à CNBC. “Também temos uma equipe dedicada de especialistas no Afeganistão, que são falantes nativos de dari e pashto e possuem conhecimento do contexto sociopolítico local, que estão nos ajudando a identificar e alertar sobre novos problemas na nossa plataforma”, completou.

Como nota o Fast Company, enquanto banir conteúdo do Talibã do Facebook e do Instagram parece ser fácil visto que é possível monitorar até mesmo com algoritmos tudo que é postado nas plataformas, o caso do WhatsApp é diferente. O aplicativo com conversas privadas criptografadas não permite que tudo seja monitorado. O Facebook Group descobriu que o app estava sendo utilizado para comunicação pelo Talibã, e prometeu tomar medidas para identificar e banir os grupos.

“Esta situação está evoluindo rapidamente e, com isso, tenho certeza de que o risco também evoluirá. Precisaremos modificar o que fazemos e como fazemos para reagir a esses riscos variáveis à medida que acontecem”, explicou Adam Mosseri, chefe do Instagram.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link