Brahma incentiva vacinação da segunda dose em novo comercial

Campanha "Brahma Pela Volta" ainda promoveu "apagão" nas redes sociais e ação no Campeonato Brasileiro para reforçar importância de terminar esquema vacinal

por Pedro Strazza

A vacinação finalmente avança a passos rápidos no Brasil, mas muitos cidadãos ainda estão para completar o esquema vacinal – para ser exato, oito milhões de brasileiros não voltaram aos postos de saúde para receber a segunda dose. Na busca para incentivar o público a finalizar o processo e ajudar as coisas a voltarem a um normal mínimo, a Brahma no último sábado inaugurou uma nova campanha focada no processo.

Batizada de “Brahma Pela Volta”, a campanha preparada pela Mutato em parceria do estúdio interno de conteúdo da Ambev, DraftLine, conta com um comercial de 30 segundos que brinca com a situação como mais uma das convocações da seleção brasileira. Mas apesar de jogadores celebrados como Formiga e Denilson estejam entre os chamados, a narração do jornalista esportivo Tino Marcos é composta por nomes de pessoas comuns, todas a postos para receber sua segunda dose e se proteger por completo da Covid-19. Confira acima na íntegra.

De acordo com o Clube de Criação, a ideia da campanha é mostrar que “para vencer qualquer jogo” é fundamental voltar ao segundo tempo, que neste caso é a segunda dose da vacina. Além do comercial, a marca também promoveu uma ação na rodada do último sábado (11) do Campeonato Brasileiro, quando um dos times dos jogos entre Santos e Bahia, Fortaleza e Atlético-MG e Fluminense e São Paulo demoraram a voltar ao gramado para a parte final do evento; quando finalmente voltaram, os jogadores trouxeram uma faixa com a mensagem “Estamos todos escalados para o 2° tempo. Para vencer a Covid-19, volte para a segunda dose”.

A “Brahma Pela Volta” ainda promoveu um “apagão” de redes sociais entre a última sexta-feira (10) e domingo (12) com influenciadores, que mostraram com a ação como é importante não se ausentar em momentos decisivos. As celebridades incluíram nomes como Caio Castro, Arthur Picoli e Gizelly Bicalho, que ainda incentivaram a vacinação com mensagens diretas em seus perfis.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link