fbpx
adidas-uefa-futebol-feminino
Imagem: Divulgação/Adidas

Adidas é parceira oficial do futebol feminino da UEFA para o ciclo de 2021-25

Com o novo contrato, a Adidas será parceira da UEFA na UEFA EURO 2024, na Liga das Nações da UEFA, nas eliminatórias europeias e na Liga dos Campeões

por Soraia Alves

Com o compromisso de apoiar o esporte como um todo, a Adidas estende sua parceria com a UEFA através do patrocínio de todo o futebol feminino da UEFA no ciclo de 2021-25. Como parte do negócio, UEFA e a iniciativa Adidas Football Collective criarão oportunidades para proporcionar maior equidade para todos no esporte, em todas as categorias.

Com o novo contrato, a Adidas será parceira da UEFA nas competições femininas, incluindo a UEFA EURO 2024, a Liga das Nações da UEFA, as eliminatórias europeias e a Liga dos Campeões. A marca também estende o patrocínio para as competições masculinas, UEFA EURO 2024, a ser disputada na Alemanha, e a Liga dos Campeões.

Divulgação/Adidas

Segundo Nadine Kessler, Head de Futebol Feminino da UEFA: Esta nova parceria com a adidas é mais um grande passo para nos ajudar a desenvolver o futebol feminino antes do que promete ser o importante ano de 2022. Estamos agora na metade do nosso plano estratégico de cinco anos projetado para dar ao futebol feminino a melhor base possível para prosperar, de modo que esta parceria apoiará nossos esforços contínuos para investir em programas e iniciativas que apoiam o futebol feminino desde a base até a elite”.

A marca também será a fornecedora da bola oficial para a Liga dos Campeões da UEFA Feminina, da UEFA EURO Feminina de Futsal e os Campeonatos Europeu Feminino sub-19 e sub-17.

Em comunicado à imprensa, a Adidas diz que é uma ativista de longa data pela igualdade no esporte, promovendo oportunidades e inclusão no futebol feminino. “Mais recentemente, em 2020, foi criada a iniciativa adidas Football Collective, uma cooperativa única de indivíduos, clubes e comunidades de todo o mundo, unida pela crença de que, por meio do futebol, mudanças positivas podem ser criadas”, destaca a empresa.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link