fbpx

Bradesco exalta os porquês em campanha para o Dia das Crianças

Com música da dupla Palavra Cantada, campanha foi criada especialmente para contemplar os pilares da plataforma Aliados pelo Respeito

por Soraia Alves

A inocência das crianças e as perguntas curiosas que elas fazem podem gerar reflexões valiosas. Foi pensando nisso que o Bradesco lançou sua campanha para o Dia das Crianças 2021, com criação da Publicis e música da dupla Palavra Cantada, formada por Sandra Peres e Paulo Tatit. “Por que tem tanto lugar sem rampa para mim?”; “Por que tem pouca boneca com cabelo igual ao meu?”; “Por que menino não pode gostar de princesa?” são algumas das indagações trazidas na campanha e que foram incorporadas à música, acompanhada de um coral de crianças.

A letra foi criada especialmente para contemplar os pilares da plataforma Aliados pelo Respeito, movimento do Bradesco para discutir, interna e externamente, causas relacionadas à equidade de gênero, etnias, pessoas com deficiência e o universo LGBTI+. A canção também trouxe uma questão ambiental. São reflexões importantes e sérias, porém acompanhadas da leveza da Palavra Cantada, com seus arranjos e instrumentos marcantes, como colheres, copos, ukelele, atabaque, palmas e violão.

“Fiquei muito feliz em ser convidada para fazer uma canção com questões tão presentes e necessárias no momento atual da nossa sociedade, que clama pelo respeito à vida e à diversidade”, comenta Sandra Peres. “Foi um prazer trabalharmos numa nova canção que propõe um espaço para as crianças fazerem suas perguntas. Criamos uma espécie de brincadeira de roda em que elas se revezam na brincadeira de perguntar. Ficou bacana, bem energética!”, explica Paulo Tatit.

No filme, os pequenos entram na “Roda dos Porquês” e tocam instrumentos como guitarra, piano, bateria, violino, entre outros. Em um ambiente bastante descontraído, eles dançam e se divertem ao som da canção. A escolha do casting foi um ponto importante da produção, que apostou na diversidade. No elenco está o menino Carlos, que é surdo e faz a tradução para Libras (Língua Brasileira de Sinais). “É questionando o presente que se constrói o futuro” é a assinatura do filme.

A campanha será veiculada nos canais digitais de Bradesco.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link