lyfttinder
Imagem: Divulgação

Parceria do Tinder com o Lyft permite que usuários financiem táxi do contatinho

Usuários não terão acesso a informações dos outros, podendo comprar créditos e definir ponto de chegada para o match a partir da integração

por Pedro Strazza

Depois de alguns testes em março, o Tinder e o Lyft firmaram na última quinta-feira (7) uma parceria que vai permitir que os usuários da primeira chamem táxis da segunda dentro do aplicativo de relacionamentos. A novidade chega como um “apoio” do Tinder ao seu público, de acordo com a empresa na divulgação oficial, conforme escreve que o recurso deve ajudar as pessoas a se encontrar e conversar depois de um ano e meio de isolamento social.

A ferramenta vai estar disponível na recém-lançada seção Explorar e permite que o usuário pague créditos do Lyft ao match – ou seja, ambos precisam de contas nesta. De acordo com o Tinder, a pessoa que comprar os créditos não terá acesso a informações do colega como endereço, mas poderá estabelecer o destino da corrida, hora de chegada e o valor do pagamento, com o beneficiado recebendo um link depois via SMS ou e-mail. Quem financia pode escolher corridas tanto de via única quanto ida e volta, e caso o recipiente não faça a segunda parte da última ele é reembolsado.

Ainda segundo o Tinder, o recurso é visto pela companhia como “um gesto simpático que promove a segurança pessoal para aqueles que estão prontos para voltar a sair depois de tantos meses em casa”, sendo totalmente opcional e com os membros podendo recusar qualquer corrida dada de presentes pelo match. Isso não significa que a ferramenta não ofereça alguns riscos de golpes, mas também esses estão inscritos nas dinâmicas atuais dos relacionamentos virtuais.

É um cenário que beneficia os dois lados. Enquanto o Tinder ganha um recurso que o distingue da concorrência e oferece conforto a seu público, o Lyft naturalmente pode ganhar um aumento no faturamento.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link