fbpx
the juggle

Conheça o The Juggl, serviço que ajuda mulheres em seu desenvolvimento pessoal e profissional

Plataforma reúne coaches, treinadores, médicos e outros especialistas para contribuir com o autocuidado

por Carolina Firmino

The Juggl – assim mesmo, sem a letra “e” – faz referência à palavra malabarismo. Segundo o Fast Company, a essência no nome do serviço está justamente aí: já que é focado em algo que está faltando, mas é essencial. A proposta é oferecer um atendimento pago para mulheres que estão sempre se dividindo entre várias atividades – ou seja, fazendo malabarismos para dar conta de tudo. Focado no crescimento pessoal e profissional, The Juggl se dedica a um tipo de autocuidado que muitas vezes falta em vidas ocupadas.

Com um time de coaches, treinadores, especialistas e médicos o Juggl funciona como um balcão único para profissionais em busca de clientes e colaboradores que desejam se desenvolver. De acordo com a empresa, todos os envolvidos são das áreas de saúde e bem-estar, relacionamentos, assistência, finanças, desenvolvimento profissional e hobbies, incluindo nomes como Eve Rodsky, autora do livro “O método Fair Play para divisão de tarefas domésticas”, e Shelley Paxton, autora, palestrante e treinadora transformacional.

As co-fundadoras do projeto são Melissa Skoog e Kelly Miller, mulheres que entendem sobre o famoso “malabarismo” para resolver questões diárias. Skoog contou ao site Fast Company que sua história pessoal tem tudo a ver com a proposta do projeto, pois ela faz parte da chamada “geração sanduíche”, dividindo seu tempo entre cuidar dos filhos, de sua mãe e construir um negócio.

No site, The Juggle promete: “Independentemente de você ter dez minutos ou duas horas, somos um espaço seguro onde você pode priorizar a si mesma, trabalhar com o que VOCÊ precisa e fazer um plano para o que deseja realizar em casa, no trabalho ou no mundo”. A filiação ao programa é de 13 dólares mensais pagos anualmente.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link